Home / cuidados especiais / Acne Neonatal

Acne Neonatal

Acne Neonatal o que é e como tratar ?

Acne neonatal, são as famosas espinhas em recém-nascidos que sempre levantam dúvidas se é ou não normal um recém-nascido ter espinhas. Assustando a alguns pais que nunca viram tal acontecimento antes do nascimento de seus filhos, é vamos esclarecer o assunto.

A Acne Neonatal não só é normal como também  um acontecimento natural do organismo e da pele do bebê! Geralmente podem ser vistas bolinhas brancas ou rosadas em diversas partes do corpo, sendo as principais delas no rosto e nas costas.

O que justifica o aparecimento dessas espinhas é uma troca de hormônio comum que ocorre entre mãe e bebê exatamente na hora do parto. É por isso também que o primeiro mês do bebê costuma ser o momento em que essas bolinhas mais aparecem, apesar de se estender até os 6 meses pelo menos.

Quer entender melhor o assunto e descobrir se a Acne Neonatal precisa ou não ser tratadas? Acompanhe ao longo deste artigo todas as informações de que precisa!

Acne Neonatal ou Espinhas em recém-nascidos: Quando aparecem e quando somem?

A Acne Neonatal costuma aparecer logo na primeira ou segunda semana de vida do bebê. Demorando de 2 a 3 semanas para desaparecerem, elas têm um ciclo natural a ser respeitado. Por isso, jamais tente “espremer” ou tratar essas bolinhas, certo?

Como já foi dito antes, o hormônio trocado entre mãe e bebê pode levar ao aparecimento dessas espinhas até por volta do sexto mês. Nos casos em que a criança já tem um ano e as espinhas continuam aparecendo, é indicado o acompanhamento de um pediatra.

A Acne Neonatal em recém-nascidos não deixam marcas e desaparecem sozinhas.

Como tratar a Acne Neonatal

Já mencionamos o fato de que a Acne Neonatal não precisa necessariamente ser tratada já que aparecem e somem rapidamente sozinhas. Ainda assim, existem alguns cuidados que colaboram com esse desaparecimento.

Um dos cuidados imprescindíveis é o de usar sabão neutro e água limpa para lavar e limpar a pele do bebê. Confira a seguir outros cuidados que podem ajudar quando o assunto é eliminar essas espinhas:

como tratar a acne neonatal

  • Como já dito antes: Jamais queira “espremer” as pequenas bolinhas que tem no corpo e rosto do seu filho. Além de doer, isso poderá deixar a pele da criança marcada pelo resto da vida.
  • Evite ao máximo passar cremes que são extremamente oleosos, pois isso propiciará o aparecimento de novas espinhas na região em que o creme foi usado;
  • Jamais deixe que o leite ou a saliva que caiu na pele do bebê seque ali, pois isso pode sim irritar a pele e até estimular o aparecimento das espinhas;
  • Nunca, nunca mesmo se quer pense em usar algum tipo de produto antiacne em algum recém-nascido ou criança. Tal posicionamento pode fazer verdadeiro mal a pele do bebê; e
  • Prefira vestir o bebê com as roupas que foram feitas em algodão, principalmente durante o verão. Jamais submeta a criança a passar calor por estar excessivamente vestida em um dia quente.

Existem casos considerados como graves?

Outra questão importante de ser abordada é que a Acne Neonatal pode sim ter casos mais graves e sérios. Geralmente, o aparecimento de bolinhas com outra cor ou junto a algum tipo de sintoma é o primeiro ponto a ser considerado aqui.

No caso também de observar que as acnes neonatais nunca estão apresentando sinal de melhora também é indicado procurar pelo pediatra a fim de uma avaliação mais profissional e que determine com precisão se é ou não algum tipo de caso mais grave ou mais sério.

No mais, caso o pediatra ateste que é apenas espinhas, é preciso esperar até que as bolinhas finalmente saiam e isso não acontece da noite para o dia como já exposto.

Mitos sobre a acne neonatal

Para encerrar com chave de ouro vale dizer que existem muitos mitos acerca da Acne Neonatal. Uma delas é de que tal aparecimento está diretamente relacionado ao leite materno o que é evidentemente um mito!

Outro ponto é que a Acne Neonatal e a miliária são distintas sendo que a última costuma acontecer com regiões do corpo que são mais úmidas e bem mais quentes, é claro.

Acompanhe-nos no Facebook!

Leia Também…

Cuidados Especiais na Infância

Leia também

timidez na infância

Timidez na infância

Timidez na infância Saiba mais sobre a timidez na infância, aprendendo a lidar com essa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *