Home / Tudo sobre gravidez / 5 Dicas que funcionam para aliviar os inchaços da gravidez

5 Dicas que funcionam para aliviar os inchaços da gravidez

5 dicas que funcionam para aliviar os inchaços da gravidez

Você sabia que algumas dicas podem ajudar quando o assunto se trata a aliviar os inchaços da gravidez? – Isso porque em meio à gestação ocorre uma maior retenção de líquidos por conta da ação hormonal!

Várias partes do corpo da futura mamãe podem acabar ficando inchadas, como pés (um dos mais comuns) tornozelos e mãos.

O grande ponto é que essa condição pode agregar á gestante um grande desconforto, e conforme a gestação avança, a situação pode se tornar ainda mais difícil de lidar.

Por mais que se trata de um processo considerado natural para o corpo nessa fase, ainda assim é totalmente possível considerar algumas medidas eficientes que permitam amenizar drasticamente o inchaço, bem como evitar com que o tal sintoma acabe sendo mais prolongado.

No decorrer desse artigo você terá a oportunidade de conferir 5 dicas bem eficientes – quer saber quais são elas? Então não deixe de ler o conteúdo a seguir para saber mais agora mesmo! Confira!

aliviar os inchaços da gravidez

Aliviar os inchaços da gravidez – procure beber bastante água e diminua a quantidade de sal dos alimentos!

Provavelmente você ouviu durante toda a sua vida que beber ao menos dois litros de água por dia é algo realmente benéfico para saúde – pois saiba que agora durante a gravidez isso nunca fez tanto sentido como antes!

E não pense você que isso é um exagero – há até mesmo alguns especialistas que chegam a recomendar que mulheres grávidas bebam o equivalente a 3 litros de água diariamente.

É importante também que a gestante procure ao máximo evitar alimentos de caráter industrializados, uma vez que eles possuem uma maior concentração sódio – elemento que potencializa ainda mais a retenção de líquidos no corpo e como consequencial aumenta o inchaço.

Além disso, o sal pode acabar afetando de forma nociva a pressão da gestante, fazendo com que ela acabe se elevando demais – o que é péssimo para ambos, bebê e futura mamãe!

Tente encontrar posições adequadas!

Ficar durante muito tempo em uma mesma posição pode acabar influenciando a circulação do sangue, sabia?

Para poder evitar tal situação, é recomendado que ao menos com o tempo de duas horas já se procure mudar a atual posição – nesse caso, se faz quase duas horas ou mais que você está sentada trabalhando, tire ao menos 5 minutinhos para caminhar um pouco. O mesmo vale para quem trabalha muito tempo em pé, por exemplo.

Elevar as pernas também sempre ajuda bastante, principalmente durante o período noturno!

Faça atividades físicas regularmente!

Fazer alguma atividade física pode ser uma excelente alternativa para se aliviar os inchaços da gravidez!

Logicamente você não deverá, jamais, sair se exercitando por aí sem o devido acompanhamento médico adequado – somente um especialista poderá definir os tipos de exercícios adequados para a sua condição e até mesmo a intensidade de cada um deles.

Excessos também podem ser prejudiciais, então nada de se aventurar por conta própria!

Roupas apertadas demais durante a gravidez devem ser sumariamente descartadas!

Chega um determinado momento que a gestante percebe que as roupas simplesmente não fecham mais – e é nesse momento que o armário parece deserto e sem opções.

Muitas mulheres nessa situação acabam querendo forçar a barra, e ainda insistem em continuar usando roupas que simplesmente não estão lhe cabendo mais.

Porém, a roupa apertada pode afetar substancialmente na circulação sanguínea e contribuir para que o corpo se mantenha mais inchado.

Por esse motiva dê preferencia acima de tudo ao conforto na hora de selecionar a roupa que irá usar – a regra também é válida para os pés: nada de saltos (pois eles potencializam um maior inchaço) ou sapatos apertados demais!

Já cogitou as famosas drenagens corporais?

Que tal seguir o caminho da drenagem linfática? Essa é uma técnica que permite estimular os gânglios linfáticos, e por esse motivo, contribui potencialmente para uma boa circulação do sangue e também eliminação dos líquidos que estejam acumulados.

Essa massagem é um tipo de procedimento bastante indicado quando se trata de amenizar os sintomas provenientes do inchaço – e ainda permite que você fique muito mais relaxada!

Se você se interessou por essa possibilidade, não deixe de conversar com seu ginecologista antes de partir para esse caminho. Isso porque a prática pode não ser adequada para algumas grávidas.

Outro ponto é que para aliviar os inchaços da gravidez por meio da drenagem linfática é muito importante procurar profissionais realmente qualificados, pois se realizada de forma equivocada pode acabar agregando estímulos para que ocorra um parto prematuro ou até mesmo uma condição de aborto!

 

Veja Também

endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez Confira a relação entre a endometriose e a gravidez e saiba quais …

Deixe uma resposta