Bebê 6 meses - tudo sobre seu desenvolvimento e comportamento!
Home / Bebê mês a mês / Bebê 6 meses

Bebê 6 meses

Bebê 6 meses, tudo sobre seu desenvolvimento e comportamento!

Para você que é mãe, os primeiros meses do seu bebê passam voando e logo você já estará fazendo a festinha de 1 ano. Mas para acompanhar cada detalhe na vida do seu filho, confira esse artigo em que separamos dicas e outras informações a respeito do desenvolvimento do bebê 6 meses. 

Durante essa fase, a criança já desenvolveu bem o seu sentido, como a visão e audição, podendo ver e ouvir perfeitamente como um adulto, além disso, já consegue facilmente rolar para os dois lados, sendo um cuidado extra que os pais devem ter para evitar acidentes, principalmente, em lugares altos.

Também nesse período, o bebê está muito mais atento ao que acontece a sua volta, nota quem está falando, reage a estranhos ou sons que não o agradam, e o relacionamento com os pais e parentes mais próximos se torna muito mais intenso e presente.

Dessa maneira, se você quer saber mais sobre o desenvolvimento do bebê 6 meses, continue acompanhando este artigo e veja todas as dicas, cuidados e outras informações que podem fazer diferença para você que é a mãe na hora de reparar no crescimento do seu pequeno.

Conhecendo cada detalhe do crescimento do bebê 6 meses

bebê 6 meses

Aquela fase em que a criança só dormia, ficava quietinha no berço e no colo da mãe o tempo todo já se foi. O tempo voa e as mães quando menos esperam, já estão com um bebê rolando pela casa, colocando tudo na boca e despertando sua curiosidade, como é o caso do bebê 6 meses.

As informações em relação ao desenvolvimento da sua estrutura são as seguintes: o peso fica por volta dos 7 quilos, a estatura varia entre 60 a 65 cm, tanto o perímetro cefálico quanto o torácico é, em média, de 42 cm e o ganho de peso mensal por volta de 600 g, variando de menina para menino.

Já em relação ao seu desenvolvimento motor, ou seja, os movimentos dos pés, pernas, braços e mãos, as seguintes características podem ser observadas pelas mães e quem conviver com a criança.

Características:

  • O bebê movimenta os seus braços de forma intencional, para chamar atenção ou mesmo pedir algo;
  • Já tem a capacidade de conseguir segurar objetos com as duas mãos, por exemplo, como as mamadeiras;
  • Os movimentos que o bebê faz com a cabeça já têm maior controle, como levantá-la e firmar o pescoço;
  • Da mesma forma que consegue levantar-se através do apoio das duas mãos quando se encontrar de barriga para baixo, pois já é capaz de aguentar o peso da sua própria cabeça;
  • Já se arrisca em sentar em situações que tem o suporte das mãos ou de um apoio como o sofá, por exemplo;
  • A maior façanha do bebê é conseguir rolar de um lado para o outro com facilidade, até em torno de si próprio, o que exige total atenção;
  • Já tem desenvolvida a capacidade de interagir consigo mesmo, brincando com os pés e as mãos e, até mesmo, levantar;
  • Apresenta o movimento alternado das pernas.

Como se pode perceber, muitas coisas acontecem quando o bebê alcança os 6 meses e que a maioria desses movimentos exige o cuidado dos pais. Agora, em relação ao seu desenvolvimento cognitivo, pode-se notar que:

Características:

  • Ainda não consegue se lembrar de objetos que são tirados do seu alcance visual, mas aqueles que estão dentro do seu campo de visão chamam atenção e o faz querer pegá-lo com as mãos;
  • A curiosidade e a sensação de descobrir novas coisas são aguçadas nessa fase, de forma que o bebê desenvolve mais o seu interesse pelas pessoas, sons e situações que ocorrem ao seu redor, reagindo a cada uma delas;
  • O bebê também se comunica através dos gestos, estendendo as mãos, segurando, alternando objetos de uma mão para outra, pedindo o colo e tocando a mãe ou a mamadeira ao ser amamentado.

Sons…

Os sons também passam por algumas transformações nessa fase, em que a criança já arrisca emitir alguns ruídos de uma ou duas sílabas, é capaz de rir e até mesmo gargalhar, da mesma forma que consegue gritar e chorar. Ou seja, suas emoções e humor são mais perceptíveis na linguagem.

Já em relação ao seu desenvolvimento social, o bebê ainda apresenta certa dificuldade em reagir com os estranhos, sendo, na maioria das vezes, passivo e sem reação negativa, caso a pessoa não o assuste. Mas interagem com as pessoas e também com os brinquedos de maneira geral.

Dessa forma, se você tem um bebê 6 meses ou seu filho ainda vai chegar nessa fase, fique atenta a essas dicas e informações que podem ser muito úteis para tirar algumas dúvidas e também fazer você perceber mais detalhadamente o desenvolvimento do seu bebê.

Publicidade

Mais sobre o bebê 6 meses  

Quando o bebê chega aos 6 meses, nesse período, várias novidades e descobertas acontecem, tanto para a mãe quanto para a própria criança. Uma delas é a alimentação, momento em que qualquer comida ou mesmo objeto pode ser levado à boca pela criança se os pais não tiverem cuidado.

Nessa fase também é que surgem as dúvidas sobre que tipo de comida, alimentos e papinhas devem ser introduzidos nas refeições do bebê, quais os horários e quantidades.

Para cada mês existe uma liberação e restrição, por isso é bom ficar atento às recomendações médicas e nutricionais.

Para começar, nos 6 meses a mãe já pode inserir na alimentação do bebê as frutas, legumes e os mingaus, mas lembrando da importância da consistência desses alimentos, que devem ser na forma de purê, a fim de ajudar no processo digestivo da criança.

Sendo assim, se você quer saber mais sobre o desenvolvimento do bebê de 6 meses, principalmente, no que diz respeito a sua introdução alimentar, continue acompanhando este artigo e veja todas as dicas, cuidados e outras informações que podem fazer diferença para você mamãe e papai.

O que se deve saber sobre a alimentação de um bebê 6 meses?

bebê 6 meses

O bebê 6 meses é curioso, esperto e já desperta o interesse em conhecer o mundo ao seu redor, como objetos, brinquedos e pessoas. O mesmo não seria diferente com os alimentos, já que as cores, texturas e sabores chamam sua atenção mais do que nunca.

Contudo, é nessas horas que os pais devem estar atentos a sua alimentação, pois como é indicada a introdução de novos alimentos em seu cardápio, é preciso que essa inserção seja feita aos poucos e individualmente, para que se possa notar possíveis reações alérgicas ou sensibilidades.

Por exemplo, uma papinha feita de maçã pode ter o efeito de prisão de ventre em uma criança, enquanto outra irá aceitar super bem esse novo alimento. Por isso, os pais devem dar um espaçamento de dias, o indicado é aproximadamente três, para que o bebê se adapte a esse novo sabor e textura.

Assim, para ajudar você que é mãe e pai de primeira viagem e ainda tem dúvidas sobre qual tipo de alimento dar para o bebê nessa fase, confira a seguir algumas dicas de alimentos que podem ser dados inicialmente aos seis meses:

Alimentos:

  • Sopas e papinhas de legumes: essas receitas, que podem ser feitas a partir das batatas, cenoura, abóbora, abobrinha, brócolis, couve, chuchu e mandioquinha, apresentam um aporte muito rico de vitaminas, minerais e fibras, que são de extrema importância para o crescimento sadio da criança.
  • Papinhas de frutas:  nas refeições como o café da manhã e lanche da tarde, as papinhas a base de frutas, como mamão, banana e maçã, são as mais indicadas. O modo de preparo pode ser feito apenas raspando ou amassando esses alimentos, mas sem adicionar açúcar na papinha.
  • Mingaus: os mingaus feitos a partir de cereais e farinhas precisam estar de acordo com a orientação nutricional do médico da criança, para garantir que não ocorra nenhuma intolerância mais grave.

A primeira reação do bebê pode não ser positiva, até mesmo fazendo ele comer pouco, uma vez que é um sabor ou textura nova, nunca antes experimentada. Contudo, aos poucos, a criança vai se habituando ao alimento e já tem mais discernimento do que gosta ou não de comer.

Leite…

O indicado é que essas novas refeições sejam complementadas com o leite materno ou mamadeira, para suprir todas as suas demandas diárias. E lembre-se de que no preparo dessas refeições é importante não adicionar sal e outros temperos mais fortes.

Sendo assim, se você quer desenvolver uma rotina alimentar mais próxima do ideal possível para o seu filho que está com 6 meses e de acordo com a rotina de horários da família, um bom exemplo poderia ser o seguinte:

  • Café da manhã: iniciar o dia com o alimento que é o mais essencial ainda nessa fase, que é o leite materno ou industrializado;
  • Lanche da manhã: pode ser feito uma papinha de frutas;
  • Almoço: papinha de legumes;
  • Lanche da tarde: leite materno ou industrializado;
  • Jantar: preparar um mingau;
  • Ceia: finalizar o dia com o leite materno ou industrializado.

Agora, se você é do tipo de mãe ou pai que vive questionando se o seu filho é normal e se o seu desenvolvimento está coerente com as demais crianças, lembre-se de que cada bebê tem o seu tempo e ritmo de crescimento e aprendizagem.

Cada criança irá aprender a falar, a interagir com as pessoas e brinquedos e a responder melhor com a comida de acordo com o seu momento, não adianta os pais forçarem uma situação que irá ocorrer naturalmente. O correto é estimular o seu desenvolvimento ao invés de impor uma situação.

Agora, se você tem dúvidas ou observar um comportamento anormal no seu bebê 6 meses, leve-o sempre ao pediatra, para que o mesmo possa avaliar adequadamente a criança e prescrever medidas que podem contribuir para o seu crescimento saudável

Acompanhe-nos no facebook

Leia Tambem…

Criança de 6 anos

Criança de 5 anos

Criança de 4 anos e 6 meses

Criança de 4 anos

Criança de 3 anos e 6 meses

Criança de 3 anos

Criança de 2 anos e 9 meses

Criança de 2 anos e 6 meses

Criança de 2 anos e 3 meses

Bebê de 2 anos

Bebê de 1 ano e 11 meses

Bebê de 1 ano e 10 meses

Bebê de 1 ano e 9 meses

Bebê de 1 ano e 8 meses

Bebê de 1 ano e 7 meses

Bebê de 1 ano e 6 meses

Bebê de 1 ano e 5 meses

Bebê de 1 ano e 4 meses

Bebê de 1 ano e 3 meses

Bebê de 1 ano e 2 meses

Bebê de 1 ano e 1 mês

Bebê 1 ano

Bebê 11 meses

Bebê 10 meses

Bebê 9 meses

Bebê 8 meses

Bebê 7 meses

Bebê 6 meses

Bebê 5 meses

Bebê 4 meses

Bebê 3 meses

Bebê 2 meses

Bebê 1 mês

Check Also

criança 4 anos desenvolvimento

Criança de 4 anos

Criança de 4 anos, tudo sobre seu desenvolvimento e comportamento ! Você chegou em casa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *