Home / Bebê mês a mês / Bebê de 1 ano e 2 meses

Bebê de 1 ano e 2 meses

Bebê de 1 ano e 2 meses, tudo sobre seu desenvolvimento e comportamento!

bebê de 1 ano e 2 meses parece crescer tão rapidamente que a impressão que temos é que seu desenvolvimento acontece bem diante dos nossos olhos! – e isso não deve ser considerado um exagero!

O desenvolvimento do bebê nessa fase acontece no dia a dia, e isso pode ser constatado pelo simples fato de que a cada momento você poder ser surpreendida por uma novidade – a cada momento ele descobre ou até mesmo faz algo novo e o que mais ocorre é uma “overdose” de orgulho e satisfação por parte dos pais que se derretem a cada evolução de seus pequenos!

Em determinado momento ele pode aprender a mandar beijos, com total carisma e fofura, em outro ele dá um tchauzinho amistoso. No dia seguinte, você descobre que ele já tem interesse em trocar a sua querida mamadeira por um copo, e por aí vai!

Parecem atitudes simples, não é mesmo? Mas, todas elas têm uma capacidade enorme de deixar os nossos corações ainda mais derretidos e transbordando de amor!

Mas, calma! Também não vá achar que essa suposta independência dos pequenos pode ser tão profunda assim! Logicamente ele ainda não estará pronto para comer sozinho e direitinho na mesa.

A bagunça, as traquinagens e a sujeira ainda serão fatores predominantes nos momentos das refeições! Por mais que isso as vezes possa lhe deixar desanimada (afinal, é uma bela bagunça) saiba que até mesmo isso pode ser considerado positivo para o seu desenvolvimento.

Bebê de 1 ano e 2 meses – comer, comer e comer! É o melhor para poder crescer!

Bebê de 1 ano e 2 meses

Nessa fase a alimentação da criança está cada vez mais semelhante à sua, e por isso é fundamental permitir que ele se sinta à vontade para testar um pouco mais de independência na hora de comer!

Quer uma dica para não ter tanto trabalho com a bagunça depois? Então procure colocar o cadeirão dele e uma superfície que seja mais fácil de limpar depois e deixe que as experiências comecem!

Sim! De fato a colher que você deu a ele nem sempre (ou na grande maioria das vezes) não chegará até a sua boquinha, e a banana que você descascou todo carinho será totalmente massacrada.

O melhor caminho agora é ter sempre uma boa dose de paciência, e logicamente, saber a hora certa de impor alguns limites! Ter liberdade para experimentar não significa lançar toda a comida ao chão no intuito de acelerar o momento, não é mesmo?

Outro ponto é você também procurar comer algo junto com a criança! Isso porque ele irá observar atentamente como os adultos fazem e possivelmente começará a compreender qual é o melhor comportamento que ele poderá ter quando estiver a mesa!

É um progresso natural, que vai acontecer de forma continua e no dia a dia! – por isso, nada de pressa ou desespero! Ele está aprendendo uma série de coisas a cada segundo e você é uma das fontes de inspiração que ele possui!

De olho nos perigos que estão sempre por perto!

Não tem jeito – nada mais tenta o ser humano do que o proibido, e isso não diz respeito somente aos pequenos, é algo que faz parte da nossa essência!

Basta dizer as palavras mágicas “não pode! ” ou “nãããooo!” e pronto – a tal da coisa proibida parece se tornar ainda mais interessante e atraente! Você poderá dizer uma, duas, três vezes e ainda assim ele ficará de olho no momento certo de tentar de novo!

Justamente por isso é fundamental redobrar os cuidados com os bebês nessa fase onde a curiosidade é a dona do momento, principalmente com relação à segurança presente na sua casa.

Para poder ficar mais tranquila, a dica é tomar alguns cuidados básicos, como colocar objetos mais frágeis do seu alcance, avaliar a posição dos móveis que possuem quinas ou que possam virar sobre a criança, proteger o acesso de escadas, colocar protetor de portas e tomadas, entre outros.

Na cozinha, também evite o acesso facilitado a objetos pontiagudos e certifique que produtos de limpeza ou outros que apresentam riscos não estejam por perto das mãozinhas cheias de curiosidade.

Quem mora em apartamento precisa redobrar a atenção – janelas e sacadas devem ter rede de proteção e nada de deixar moveis ou outros itens que facilitem a subida da criança perto dessas áreas.

Estabeleça limites para a criança – mesmo que você tenha que dizer mil vezes o famoso “não”, insista! Pois ele precisa entender que nem tudo é permitido e que ele deve se manter longe dos riscos!

bebê de 1 ano e 2 meses é mais ativo e quer explorar um mundo de possibilidades e por mais que seja saudável contribuir com essa essência do mundo não se pode abrir mão desses cuidados em nenhum momento!

Mais dobre o Bebê de 1 ano e 2 meses

Bebê de 1 ano e 2 meses

Não tem jeito! O bebê de 1 ano e 2 meses testa a resistência dos pais! E não é por menos: a todo o momento eles aprendem algo novo e toda hora querem matar a curiosidade sobre algo e por isso os adultos precisam se manter sempre em estado de atenção para evitar riscos e assegurar que as crianças não acabem tendo nenhum contratempo!

Isso porque se o seu bebê ainda não estiver andando, possivelmente ele estará engatinhando com a desenvoltura de um expert no assunto – e segurar esses pequenos na hora que a curiosidade por algo bate é uma jornada desafiadora! Haja energia!

Refeições

As refeições são uma tremenda aventura! A colher na pequena mãozinha acerta tudo, menos a boca! E parece que amassar os alimentos com as mãos e se lambuzar por inteiro é muito mais gostoso do que comer! Um descuido da mamãe e do papai e a lambança acontece!

Mas, não se preocupe! Isso mostra que o desenvolvimento do seu bebê está absolutamente saudável e que ele está vivendo plenamente a famosa fase de testar e experimentar novas sensações – e nada melhor do que a comida para tornar isso possível.

A segurança é outra medida que precisa ser sempre considerada pelos pais – o famoso dedinho na tomada, o tapa para derrubar objetos frágeis no chão, as quinas dos móveis que parecem ter imãs de bebês! – tudo precisa ser considerado com cautela!

Diante de tanta energia, a mamãe também merece parar e pensar em como lidar com toda essa correria! Será que você está refletindo sobre como estão seus sentimentos nessa fase?

Bebê de 1 ano e 2 meses – como a mamãe está se sentindo?

Como falamos anteriormente, cuidar de uma criança exige tempo, energia e até mesmo muita disposição e paciência! Não há como negar que o cansaço pode acabar sendo o sintoma de um dia corrido e cheio de peripécias por parte do pequeno! – Como pode uma criaturinha tão pequenina acabar com o nosso fôlego?

Pois bem – você provavelmente passará uma boa parte do seu tempo correndo de um lado para o outro tentando evitar que o bebê se machuque ou acabe fazendo algo que não deva! E não acaba por aí!

Sono

Nessa fase o bebê ainda acorda de noite por inúmeros motivos e descansar é algo que não pertence mais à vida da mãe.

O resultado disso? Pode ser que você esteja sendo acometida por sintomas provenientes da carência crônica de sono, ou seja, você está se sentindo simplesmente um zumbi!

Mas, calma! Isso não vai durar para sempre e você também não é a única a conviver com esse problema – muitos e muitos pais também estão na mesma que você.

A melhor maneira de amenizar o problema é logicamente dormir, mas, quando isso não é plenamente possível, é interessante procurar outras opções de cuidados consigo mesma – e tenha certeza que apenas um tempinho pode reverter em uma alivio absurdo!

Seu astral poderá ser muito mais elevado quando você dedica um tempo que seja a se cuidar um pouco e a descansar! Uma forma de tornar isso possível é contar mais com a participação do papai ou até mesmo contar com o apoio de uma das avós, tias, amigas para cuidar do seu pequeno enquanto você faz uma pequena pausa.

Uma noite bem dormida vale ouro! Por isso procure também sempre investir em hábitos de sono qualitativos para o seu bebê para que ele se adapte a dormir a noite toda, e consequentemente você também!

Como manter a criança mais tranquila?

Antes de dormir, que tal tirar um tempinho para se dedicar a leitura de eu uma historinha para o bebê? Isso pode ser uma forma de deixar ele mais calmo e tranquilo para pegar no sono e fazer com que ele durma por mais tempo durante a noite.

Mas cuidado: evite ficar lendo até que ele adormeça! Pois isso pode acabar se tornando um vício para ele, e ao mesmo tempo deixará você presa a esse tipo de procedimento.

Você pode também estabelecer regras para esse momento, como estipular o tempo de leitura ou a quantidade de histórias que poderá ler antes dele dormir!

Depois que a história acabar, fique por perto dele, mas em silêncio até que finalmente ele embale em um soninho gostoso.

Isso irá estabelecer uma rotina e ele saberá associar exatamente o tempo de cada coisa e não ficar condicionado a dormir ouvindo sempre a sua voz – e garante que você tenha mais tempo para descansar também!

bebê de 1 ano e 2 meses quer explorar o mundo e também dividir suas descobertas com você. E tenha certeza: essa troca é uma das mais compensadoras e gostosas que você terá na sua vida!

Acompanhe-nos no facebook

leia também…

Criança de 6 anos

Criança de 5 anos

Criança de 4 anos e 6 meses

Criança de 4 anos

Criança de 3 anos e 6 meses

Criança de 3 anos

Criança de 2 anos e 9 meses

Criança de 2 anos e 6 meses

Criança de 2 anos e 3 meses

Bebê de 2 anos

Bebê de 1 ano e 11 meses

Bebê de 1 ano e 10 meses

Bebê de 1 ano e 9 meses

Bebê de 1 ano e 8 meses

Bebê de 1 ano e 7 meses

Bebê de 1 ano e 6 meses

Bebê de 1 ano e 5 meses

Bebê de 1 ano e 4 meses

Bebê de 1 ano e 3 meses

Bebê de 1 ano e 2 meses

Bebê de 1 ano e 1 mês

Bebê 1 ano

Bebê 11 meses

Bebê 10 meses

Bebê 9 meses

Bebê 8 meses

Bebê 7 meses

Bebê 6 meses

Bebê 5 meses

Bebê 4 meses

Bebê 3 meses

Bebê 2 meses

Bebê 1 mês

Leia também

criança 4 anos desenvolvimento

Criança de 4 anos

Criança de 4 anos, tudo sobre seu desenvolvimento e comportamento ! Você chegou em casa …

One comment

  1. Olá muito bom seu artigo, sempre que posso acesso seu conteúdo. Realmente uma boa alimentação pode ajudar nosso bebes, porque tudo isso ajuda a ainda mais da saúde deles. até mais e espero ter ajudado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *