Home / Berçários que indico / Vila Mascote / Campo Belo / Building / Building Escola porque eu escolhi esse berçário?
Building escola porque eu escolhi essa escola?

Building Escola porque eu escolhi esse berçário?

Building Escola, porque eu escolhi esse berçário na Zona Sul de SP ?

  • Berçário e Educação Infantil de primeira classe na Vila Mascote e Campo Belo
  • A Building Escola tem professores pós graduados, possui atividades em inglês e relatórios de desempenho, além de oferecer plano de carreira para os funcionários.

Uma linda manhã de segunda-feira, na Vila Mascote zona Sul de São Paulo, fui fazer uma visita na escola, meu bebê tinha 5 meses, eu já havia visitado dezenas de escolas na região, minha rotina de trabalho iria retomar, minha licença maternidade estava a duas semanas de acabar para meu desespero.

Aquela altura eu já estava até fazendo entrevista para contratar uma babá, até que liguei na escola e, marquei uma visita… Quando cheguei, fiquei sentada esperando a coordenadora me atender, inquieta levantei e fui olhar a escola com olhos de “águia”, resolvi prestar atenção em cada detalhe, antes mesmo de falar com a coordenadora, claro que esse momento foi muito rápido, mas sabe aquele olhar que toda mulher tem, eu sempre brinco o olhar 360 graus, onde em minutos você olha do chão ao teto 360 graus.

E nesse minuto que observei reparei em tudo, higiene, funcionários, crianças que estavam passando nos corredores, o telefone que tocava e o que a secretária falava e como falava, na segurança da escola, até na organização da mesa da coordenadora que iria me atender em alguns instantes.

Após a conversa com a coordenadora fui conhecer a escola,  as crianças matriculadas na Building Escola Educação Infantil, algumas crianças com menos de 5 anos de idade, estavam na horta da escola, colhendo cenouras para que no período da tarde, na aula de culinária aprendessem a fazer um delicioso bolo de cenoura.

building escola horta da escola

building escola horta da escola

Outras crianças perto dos 3 anos, estavam se lambuzando com tintas na aula de artes, infelizmente eu não pude tirar foto das crianças, mas pude tirar da sala de artes.

No dia em que visitei a escola, era mês de janeiro, aquele calor… ah, não acreditei quando olhei do lado e vi as crianças se deliciando no “famoso Chuá”, era tanta alegria e diversão que parei por 10 minutos ou mais para ver aqueles pequenos brincando na água.

building escola sala de artes e chuá

Mais adiante, em outra sala, bebês com 1 aninho estavam sentindo a sensação de como é a textura de uma gelatina e tinham suas fraldas trocadas por jovens extremamente simpáticas.

Cada cantinho da Building Escola é especial, por onde passamos, observamos diversas atividades sensoriais e motoras com as crianças, cada detalhe fazia eu me sentir mais segura, pois meu bebê tinha apenas 5 meses, e eu não queria ficar mudando de escola, eu queria que ele terminasse o periodo da Educação Infantil na mesma escola.

building escola atividades sensoriais

building escola atividades sensoriais 2

Ainda andando pela escola passando por uma determinada sala de aula, presenciei alguns pequenos cantando em inglês a musica: ” The Wheels on the bus”, claro que me apaixonei , o professor estava tocando violão e aquele coral de pequeninos era a coisa mais fofa do mundo!

E o Judô, Ballet, Circo, que pena não poder mostrar o que vi, realmente fiquei emocionada, fiquei imaginando, meu filho fazendo judô .

Havia sala do soninho, sala de informática, quadra, parque interno e um parque externo, o refeitório é lindo e limpíssimo , mais um detalhe, a comida é toda feita na escola 100%, realmente eu fiquei encantada com a estrutura da escola.

building escola estrutura refeitórios

building escola estrutura parede de escalada e sala

building escola estrutura banheiros e trocadores

building escola estrutura acesso as salas e mobiliario

Mas não para por aí…

Eu como observadora e atenta aos detalhes, enquanto estava vendo como era a estrutura da escola, sempre conversava com a coordenadora que estava acompanhando eu e meu esposo e, em um determinado momento, perguntei?  E algumas crianças resistem em vir para a escola? Já vi casos em que eles não querem vir de jeito nenhum? – Ela me disse …. vou te contar uma história que marcou muito nós…..

-” Um aluno estava de férias, e a família ficou bastante tempo viajando, durante quase todo o período de férias. As aulas iniciaram, no 1° dia de aula, nem todos os alunos voltam, pois nosso calendário de férias é curto, fechamos apenas entre o natal e ano novo, geralmente voltamos na 1° semana útil do ano, e passou 2 dias e esse aluno não foi para escola e resolvemos ligar para os pais para saber do aluno, e quando falei com a mãe , ela disse que queria vir até a escola conversar pois o seu filho não queria ir para escola e assim, agendamos a reunião para o mesmo dia…..

Após alguns minutos de conversa a mãe estava preocupada se havia acontecido algo na escola que , como consequência seu filho não queria voltar a estudar. Cuidadosamente a coordenação , pediu para que a orientadora organizacional da escola fosse até a sala para que juntas elas pudessem ajudar aquela criança a voltar para escola, mas com alegria, como sempre foi…..

E a orientadora organizacional perguntou para a mãe, qual o personagem que seu filho mais gosta? – a mãe respondeu: – “Homem de ferro” , sabe o que a escola fez ? – Criou uma caixa, com vários itens do homem de ferro, adesivos, brinquedinhos, etc…. essa caixa tinha um cadeado com chave!

A caixa ficou na escola e, a chave  juntamente com a participação dos pais , foi com uma cartinha para o endereço do aluno, e a cartinha tinha uma missão… e essa missão o aluno descobriria ao abrir com aquela chave a caixa que estava na escola. No dia seguinte, o aluno foi para a escola muito contente, com a chave e a cartinha na mão, e todos os alunos do grupo participaram da grande missão!”

Com essa história , eu percebi nitidamente a atenção , o carinho e a preocupação que existe  da escola com as famílias.

A escola criada pela empresária Marilene, mãe que durante os primeiros anos de sua filha, teve muita dificuldade em matriculá-la em escolas que oferecesse conforto, higiene, uma excelente educação, alimentação, que tivesse carinho e cuidados especiais com seus filhos.

Processo de Adaptação do Berçário – Dúvidas de muitas mamães:

Ao matricular seu bebê em um berçário, saiba que ainda existe o período de adaptação do bebê, e nós mamães também participamos dessa adaptação!

Conversei muito com a coordenadora do Berçário Araceli, e ela me deu várias dicas, inclusive, que era interessante uma auto-avaliação, de como eu estava me sentindo em relação ao fato de deixar meu bebê na Building Escola, mas naquele momento não tive dúvida, eu estava segura da minha decisão!

Sei que muitas vezes deixar um bebê no berçário é uma necessidade e não uma escolha,  existem mães que querem abandonar toda a sua carreira profissional para ficar com seus bebês, umas podem fazer isso, outras não.

Eu sempre trabalhei em casa, meu trabalho me permite isso, eu poderia sim contratar uma Babá, pois eu estava ao lado se tivesse qualquer intercorrência. Mas, quando conheci a building escola, eu nem conseguia mais imaginar meu filho sendo cuidado por uma babá. Não estou desmerecendo a profissão, até porque levamos uma vida agitada e sempre que preciso vem o socorro de uma  babá.

Mas vamos pensar em todos os detalhes, naquele momento eu sabia o que eu queria, e até fiz uma tabelinha que vou compartilhar com vocês:

      Babá                                                                                                      Escola

Alimentação ( Eu teria que fazer compra, cozinhar e congelar, como eu gosto de cozinhar, não tenho restrição a isso)Alimentação ( Fornecida pela Nutrical, acompanhamento com nutricionista, alimentos orgânicos e frescos, feitos diariamente na escola)
Higiene / Banho ( Precisaria treinar a babá para fazer como eu faço, porem sabemos que ao dar banho, mamadeira, papinha, sempre incluimos tarefas a mais…)Higiene / Banho (Berçaristas capacitadas, especialistas, usam equipamentos específicos, ambiente limpo e higienizado).
Estímulos ( Assistir desenho, ou ir na brinquedoteca do prédio)Estímulos ( Desenvolvimento físico, social, cognitivo e afetivo)
Cuidados especiais ( Não tem, tudo precisaria ser adaptado)Cuidados especiais (Ambiente acolhedor, seguro, com mobiliário e equipamentos para cada faixa etária, higiene e cuidados nos momentos de interação e aprendizado.
Gripes, resfriados ( em casa a criança está menos exposta)Gripes, resfriados ( na escola a criança está mais exposta)
Regras ( Horarios flexíveis para alimentação / sono / brincadeiras, com isso os bebês e crianças não conseguem ter uma rotina )Regras ( horário para alimentação / sono / brincadeiras, a escola ajuda os bebês e crianças a terem rotina )

 

Esses foram os fatores determinantes que decidi matricular meu filho no berçário da building escola.

Quanto a adaptação do Enzo foi super tranquila, fiquei durante uma semana , no 1° dia, deixei ele por 2 horas, no 2° dia por 3 horas e assim por diante, até eu me sentir segura, eu participei de toda rotina do berçário, mesmo porque, se para mim tudo era novo, imagina para ele?

Participar da adaptação ajuda nós mães a amenizar a angústia de deixar nossos bebês em um ambiente que para nós é desconhecido, a adaptação deixa todo processo mais tranquilo pode ter certeza disso.

Claro que o comportamento de cada criança é diferente e está relacionado com sua personalidade, mas se o seu bebê simpatizar com a equipe pode ser a chave para uma adaptação de sucesso. “ Hoje o Enzo aos finais de semana não vê a hora de chegar na segunda para contar todas as novidades para os amiguinhos e para as professoras”.  Ah, e respondo a você se me arrependo de ter colocado ele tão bebê na escola, minha resposta é NÃO.

Foi a melhor escolha que fiz, hoje ele chega em casa cantando em inglês, já escreve seu nome, faz perguntas que até  “deus” duvida .

O que seu filho precisa para uma vida feliz?

É a  filosofia que a  Building Escola adota em sua metodologia os três Pilares, têm como objetivo proporcionar ao seu filho, uma memorável experiência escolar, além do crescimento intelectual.

São eles:

  • Cuidado

       “Cuidar é mais que um ato, é uma atitude, portanto, abrange mais que um momento de atenção e zelo, inclui o relacionamento afetivo  com o outro”.

  • Diversão

      “Ser e estar com o outro em atitude de respeito, afeto e confiança para promover o desenvolvimento da capacidade de relacionar-se”.

  • Aprendizado

      “O aprendizado ocorre pela curiosidade natural de cada criança e suas descobertas na interação com o ambiente, sendo estruturado nos primeiros anos de vida”.

 Aulas de Culinária, Música, Circo, Artes, Judô, Ballet, Educação física e Inglês são oferecidas dentro de um programa de ensino bilingue com professores altamente capacitados a partir do G3 ( grupo 3), onde há imersão e o contato diário de uma hora com o idioma, por meio de atividades são elaboradas em diversas áreas como matemática, artes, corpo e movimento.

Nas aulas ao ar livre, os alunos ficam procurando folhas, galhos e sementes das árvores que estão plantadas na escola, conversam com os amiguinhos e professores, que anotam as observações que cada aluno faz falando boa parte em inglês. Na aula de música, as famosas músicas infantis como : A Dona Barata, Dona Aranha, O ônibus e uma infinidade de músicas são cantadas também em inglês, onde o orientadora Teacher Vi , junto com o professor de música  toca seu violão, teclado ou instrumento de percussão para garantir que todos fiquem entretidos.

As crianças recebem também acompanhamento  da orientadora organizacional e da fonoaudiológico, durante o ano. Quanto a alimentação das crianças ela é feita integralmente na escola, café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar são oferecidos para os alunos do integral. Na cozinha, o cardápios e as comidas são elaboradas pela Nutrical, empresa parceira a 15 anos. Com uma equipe local na escola de 2 nutricionistas e 10 cozinheiras, as Tias com mãozinhas mágicas como diz as crianças. Elas são as queridinhas da garotada, sabe aquela comidinha de Vó… tudo feito com carinho, usando alimentos orgânicos, sem colesterol, quando chegamos perto da cozinha,  aquele cheirinho gostoso e as crianças se deliciam…

As salas de aula da Building escola possuem grupos de até 14 alunos para os grupos de G2 ao G5 e grupos de 10 alunos para o berçário.

Os horários que a Building escola funciona são das 7:00 as 19:00hs de segunda a sexta.

Building Escola de Educação Infantil

Site: Clique Aqui

Unidade Vila Mascote
Rua Palacete das Águias, 165 São Paulo, Vila Mascote – 04635-020
Tel: 3018-3500

Unidade Campo Belo
Rua República do Iraque, 830 São Paulo, Campo Belo – 04611-001
Tel: 2579-0456

fale com a building escola

Leia Também…

Qual a melhor idade para o meu filho ir para escola?

7 comentários

  1. Como saber valores de mensalidade da building escola? Pode me informar?

  2. Conheci a escola atraves do seu site quero visitar posso agendar por aqui?

  3. Posso visitar a escola? Como faço para marcar , liguei no número e so chama….

  4. Ola! Aconteceu o mesmo comigo, a diferença é que visitei primeiro a Building e depois dela eu sabia que ia ser difícil superar, meu baby entrou no berçário com 4 meses (ele aparece dormindo na sua foto), de lá pra cá o desenvolvimento foi absurdo, todos da escola são incríveis, todo dia fico impressionada quando vejo os funcionários chamando cada crianças pelo nome, esse carinho não tem preço.
    Nos vemos na saida 😉
    bjs

    • Sendy,

      Realmente o carinho dos funcionários com as crianças não tem preço.
      Outro dia fui buscar meu pequeno e passou na rua um carro com um adolescente falando: ” Sr. Mauricio, você lembra de mim?” …. Achei demais aquilo, quando o Sr. Mauricio disse, claro que lembro você é o “Matheus + o sobrenome”! Gente, fazia mais de 8 anos que aquele menino havia se formado e o Sr. Mauricio lembrou do nome e sobrenome!
      Isso faz toda diferença na escolha de um berçário!

      bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *