Home / Bebê mês a mês / Criança de 4 anos e 6 meses

Criança de 4 anos e 6 meses

Criança de 4 anos e 6 meses 

Um belo dia você olha para aquela criança de 4 anos e 6 meses e pensa – nossa! Será que esse é mesmo aquele bebezinho tão pequenino e frágil que carreguei no colo?

Sim, se você ainda não se indagou sobre isso saiba que logo fará! Isso porque agora o seu filho(a) faz uma série de coisas realmente incríveis e a cada dia que passa o seu orgulho atinge mais e mais altura.

A criança nessa fase já é capaz de escrever seu próprio nome e até mesmo quando questionada sabe falar corretamente seu nome completo. E não pense que a informação se limita a isso.

Ele provavelmente já saberá dar informações importantes e surpreendentes como o número de telefone e o endereço onde mora – nome da escola, o que o papai e a mamãe trabalham: ele está atento a tudo! Mesmo!

Quando estimulada (se bem que ele vai adorar conversar o tempo todo) o seu filho já consegue dizer entre 4 ou 5 frases sequencialmente e está sempre disposta a compartilhar algum fato ou acontecimento do seu dia.

O desenvolvimento social também continua a todo vapor e isso pode ser ainda mais potencializado pela capacidade das crianças de fazer amizade muito mais facilmente, sem precisar depender do empurrãozinho dos pais!

Se relacionar com outras crianças agora é algo necessário para seu filho e ele facilmente irá se enturmar com elas no seu condomínio, escola, clube, churrasco com os amigos, festinhas e afins – é assim que começam grandes amizades e trocas de aprendizado!

O comportamento das crianças de 4 anos e 6 meses – elas já não querem mais brincar sozinhas!

criança de 4 anos e 6 meses

Nessa fase de sua vida a criança já não quer mais ficar brincando sozinha, algo que era bem comum a algum tempo atrás. Antes um ou dois brinquedos eram suficientes para colocar a sua imaginação para agir, porém hoje em dia ele quer compartilhar o que sabe e o que é capaz de fazer.

Agora seu filho quer interagir com outras crianças e até mesmo juntas inventar brincadeiras, cooperar uns com os outros, construir coisas com blocos de montar e por aí vai.

Tudo isso se torna ainda mais possível graças a sua atual coordenação motora, que já é suficiente para ele colocar o que imagina em ação sem grandes dificuldades – ele depende cada vez menos da sua ajuda para fazer coisas simples!

Seus desenhos agora são bem mais elaborados e segurar um garfo e uma faca já não é mais uma missão extraordinária – ele já consegue fazer coisas que os adultos fazem com absoluta tranquilidade.

Até mesmo usar a tesoura para cortar em linha reta já não é algo trabalhoso – e tenha certeza, a criança adora esse tipo de atividade e por isso na escolinha ele já fará varias surpresas para os pais em dias especiais do ano, como dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, dia das crianças, e muitos outros. – sua cada ficará cheia de obras de arte!

Cuidados especiais – o estímulo por parte dos pais jamais deve ser diminuído nessa fase!

Os pais devem estar sempre atentos e dedicados a encorajar a criança a fazer amizades com outras crianças e até mesmo convidar seus coleguinhas da escola para brincar em uma tarde em sua casa, ir ao clube ou qualquer outra atividade – e quando seu filho for convidado, permitir que ele participe também é interessante.

A interação social é fundamental para o desenvolvimento da criança e nessa fase é importante manter os estímulos sempre presentes na criação e educação dos pequenos.

Logicamente supervisionar todas as brincadeiras é um papel que também compete aos pais – do contrário, uma tarde divertida de brincadeiras entre crianças pode virar a sua casa de ponta cabeça!

A criança na fase pré-escolar é extremamente hábil para lidar com jogos de faz-de-conta – esse período da sua vida consiste em um grande potencial imaginativo e sua criatividade está ainda mais forte e presente em seu comportamento.

Nesse sentido elementos ou brinquedos que ajudem a manter seu estimulo nesse sentido são sempre bem-vindos – se os pais participarem da brincadeira, certamente o sorrido e alegria serão garantidos no final das contas.

Elementos que imitem o mundo dos adultos também despertam interesse por parte deles – coisas simples como dinheiro de mentirinha, telefone, computador, móveis, casas de bonecas, carros, entre outros.

Nessa fase, ensinar os pequenos sobre conscientizações importantes também é fundamental – respeitar os mais velhos, reforçar as famosas “palavrinhas mágicas”, respeitar os animais e a natureza, dar valor a recursos naturais como a água, não jogar lixo no não, entre outros.

A criança de 4 anos e 6 meses está cada vez mais dedicada e interessada a aprender e certamente a cada dia que passa você poderá se surpreender com a sua evolução e desenvolvimento.

Mais sobre a Criança de 4 anos e 6 meses 

A personalidade da criança de 4 anos e 6 meses se mostra ainda mais marcante nesse período e você poderá ter muitas surpresas dia sim – e dia não também!

A socialização agora é algo que passa a fazer ainda mais parte de sua vida e se transforma em fator vital para o seu desenvolvimento – e agora você poderá perceber que os grupinhos começam a se formar: grupinhos de meninos e grupinhos de meninas.

O motivo que explica essa separação existe – a partir dos quatro anos de idade a criança está ainda mais preparada para fazer a distinção entre o EU e o OUTRO.

Imitar os pais, até mesmo colocando suas roupas e imitando certos comportamentos é algo bem comum dessa fase da criança e por isso, principalmente os meninos, tendem a achar que se brincarem com “coisas de meninas”, por exemplo, poderão se tornar uma delas – o mesmo acontece por parte das meninas.

Tentar uma aproximação dos dois grupos até os 6 anos de idade pode ser um esforço sem grandes recompensas para os pais.

O lado bom de tudo isso é que hoje em dia as pessoas estão com maior percepção sobre o que não é legal se aplicar na criação baseada em distinção de gêneros – meninas não precisam ser apenas educadas e brincar com coisas relacionadas a ser uma boa dona de casa ou mãe, e os meninos não precisam achar que são diferentes porque usam uma roupa cor de rosa.

Isso é algo que deve vir por parte da criação dos pais e dos complementos de sua educação que ocorrem na escola ou na casa de seus familiares.

Pensar nesses atributos garantirá que seu filho se torne um adulto mais generoso e justo no futuro.

Criança de 4 anos e 6 meses – muita personalidade e muitos “por quês”

Essa é a famosa fase dos “Por quês” e não se surpreenda se a qualquer momento seu filho chegar até você e perguntar com o ar mais natural do mundo – “De onde vem os bebês”?

Provavelmente para alguns pais esse pode ser o momento mais dramático para responder um dos inúmeros questionamentos das crianças, e há quem saia correndo, ignore, invente uma história bem maluca, entre muitos outros erros.

O mais importante é procurar satisfazer a curiosidade do seu filho, procurando responder somente o que de fato ela está perguntando.

Não adianta achar que agora você precise se precipitar e discorrer sobre todo o processo de concepção de um bebê – não foi isso que ele te perguntou no final das contas. Consegue perceber isso?

Se você simplesmente disser “a mamãe possui um espacinho por onde ela faz xixi e é por lá que o bebê consegue sair” – pode ser que elas perguntem mais coisas depois, mas procure dar uma resposta de cada vez!

O diálogo é algo que poderá sempre agregar valor para o desenvolvimento das crianças e é a principal chave para sua educação e para que ele consiga se tornar uma pessoa cheia de embasamentos realmente construtivos – em suma, ser uma boa pessoa!

Capacidade motora cada vez melhor!

criança de 4 anos e 6 meses

Agora a criança de 4 anos e 6 meses  já consegue se vestir sozinho! Ele ainda deverá pedir ajuda para outras ações mais complexas para sua idade, como abotoar ou até mesmo dar laços quando for necessário.

Sua coordenação também já permite que ele consiga ficar na ponta dos pés sem depender de nenhum tipo de apoio – em geral, ele pode conseguir ficar nessa posição de 3 a 5 segundos.

Saltar num pé só agora para ele também é super fácil, bem como subir e descer escadas de forma alternada.

Sua habilidade também não deixa por menos quando se trata de combinar e até mesmo nomear cores básicas distintas, como o amarelo, vermelho, azul e verde.

Desenhar o papai e a mamãe também é um de seus esportes prediletos – ele já consegue desenhar de forma mais fiel a figura humana, considerando elementos como a cabeça, pernas, tronco e até mesmo braços e dedos!

A alimentação nessa idade? Há algo que você precise se preocupar?

Não é porque seu filho agora come uma maior variedade de coisas que você poderá comparar suas refeições a de um adulto!

O mais importante é sempre procurar avaliar se o seu filho apresenta sinais de uma boa nutrição – peso adequado para essa fase de sua vida, uma boa imunidade, energia para brincar, dormir bem e também acordar disposto, um crescimento realmente adequado, cabelos e unhas saudáveis, dentição adequada, entre outros aspectos.

Legumes, verduras, frutas e saladas – todos devem ser usados para compor um cardápio realmente colorido e nutritivo. Se a criança for muito seletiva na hora de comer é interessante apostar na criatividade e recorrer a receitas diferenciadas que ajudem a aguçar seu paladar.

A criança de 4 anos e 6 meses precisa de uma alimentação realmente saudável e adequada para seu crescimento, com o intuito de estimular ainda mais seu desenvolvimento.

Acompanhe-nos no facebook

Leia Também…

Cuidados especiais na infância

Veja Também

Criança de 4 anos

Criança de 4 anos  Você chegou em casa e um belo dia  percebeu que a …

Deixe uma resposta