Home / cuidados especiais / Crianças que não comem na mesa – Saiba a importância de fazer as refeições em família

Crianças que não comem na mesa – Saiba a importância de fazer as refeições em família

Crianças que não comem na mesa – Saiba a importância de fazer as refeições em família

É comum hoje em dia que cada membro da família faça a refeição em um local da casa, todos conectados em seus dispositivos, ou assistindo televisão. Mas Crianças que não comem na mesa perdem um importante momento em família. Descubra como mudar isso.

Fazer uma refeição em família é um momento de conexão e saúde. Mas é comum encontrar hoje em dia crianças que não comem na mesa por diversos motivos.

Essa pausa para que todos se reúnam para o jantar, ou alguma outra refeição, é fundamental para que as crianças se sintam acolhidas e conectadas por sua família.

Mas sabemos que existem diversas interferências externas, que podem comprometer essa atividade. Mas, vamos explicar a importância desse momento, e como corrigir o hábito de Crianças que não comem na mesa.

Crianças que não comem na mesa: descubra os problemas causados por esse hábito

É hora de se arrumar para ir à escola. Enquanto almoçam, as crianças também se divertem em frente à televisão, ou mesmo no tablet e celular. Essa é uma cena que, com certeza, se repete diariamente em diversos lares.

Embora pareça inofensivo, Crianças que não comem na mesa estão sendo privadas de um momento importantíssimo de interação com seus familiares. E também não podemos ignorar a questão da etiqueta.

É claro que a televisão, o celular, o videogame e todos esses eletrônicos parecem mais atrativos do que o almoço. Mas não deveriam ser.

É claro que isso também é reflexo dos tempos modernos. Cada vez mais atarefados, os pais não conseguem dedicar todo o tempo necessário aos filhos. Por vezes, deixar a criança distraída com um eletrônico é funcional e prático.

Mas, alguns especialistas já apontam os problemas que isso pode causar. Não há mais o hábito de crianças e adolescentes interagirem durante o jantar com seus pais, ou sequer prestam atenção no que estão comendo.

crianças que não comem na mesa como resolver esse problema ?

Como resolver esse problema? Como aproximar as crianças na hora das refeições?

Para grande parte das famílias brasileiras, almoçar juntos é impossível. Isso porque cada um está em um local (trabalho, escola, cursos etc.), e todo mundo almoça fora.

Mas é importante priorizar o jantar como um momento em família. E se não der para ser todo dia, de qualquer forma, que seja uma ou outra refeição em conjunto durante a semana.

O importante é não tornar o afastamento um hábito. Esse momento vai servir para que todos se sintam mais à vontade juntos, e compartilhem suas novidades. Para isso, você precisa dar o exemplo:

  • Não levar dispositivos eletrônicos para a mesa:

Deve ser estipulado que ninguém vai levar os dispositivos eletrônicos para a mesa. Muitas vezes, os pais repreendem, mas acabam usando o celular para “responder um e-mail rapidinho”. Isso não pode acontecer.

  • Desligue a televisão:

A televisão é um dos eletrônicos mais importantes em uma residência, mas ela deve ter horários. Durante as refeições, mantenha-a desligada. Assim você evita distrações, e dá espaço para conversas.

A importância desse momento para os bons hábitos: estimule a criança a ter etiqueta!

O momento da refeição também pode ser de descobertas e ensinamentos. Quando a criança está focada no acontece à mesa, aprende sobre algumas coisas de bons hábitos.

Não mastigar com a boca aberta, comer devagar, não falar enquanto come…Tudo isso pode ser aprendido durante as refeições. Mas para isso, a criança precisa estar atenta.

O mais importante é tornar a refeição um momento alegre e descontraído. As crianças não devem sentir que aquilo é uma obrigação chata. Crianças que não comem na mesa podem ter até mesmo o apetite comprometido.

  • Convide-as para ajudar na cozinha:

Uma das maneiras de tornar o jantar mais divertido e descontraído é convidando os filhos para participarem do processo de preparo. Deixe que coloquem a mão na massa, se sujem e se divirtam na cozinha.

Converse, e demonstre interesse pelo que a criança diz

E quando estiverem todos juntos, você deve se esforçar para que a criança se sinta bem-vinda à mesa. Então pergunte sobre o dia, e demonstre empolgação com o que ela te contar.

O famoso “Tête-à-tête” deve ser posto em prática nesse momento. Fale sobre a escola, combinem os programas de final de semana, e faça com que o jantar seja descontraído.

Pais e responsáveis devem evitar levar assuntos mais tensos ou particulares à mesa – como dívidas, brigas de família, etc. Assim vocês não comprometem a criança com o clima de apreensão.

Crianças que não comem na mesa não conseguem nem mesmo prestar atenção naquilo que está em seu parto. A maioria sequer consegue lembrar-se do que comeu na última refeição.

Isso é um reflexo da desatenção causada por essa situação de se dedicar a diferentes atividades ao mesmo tempo. Então, comece gradativamente a mudar esse hábito em sua casa.

Crianças que não comem na mesa são privadas de um importante momento de reunião e interação familiar. Agir para o exemplo é a melhor estratégia. Pare de resolver problemas e usar o celular durante das refeições, e estimule que o seu filho faça o mesmo.

Acompanhe-nos no facebook

Instagram = @bebes_e_criancas

Leia Também…

As refeições em família fica mais saudável com a chegada do bebê

Intestino do Bebê, o que prende e o que solta

 

Leia também

timidez na infância

Timidez na infância

Timidez na infância Saiba mais sobre a timidez na infância, aprendendo a lidar com essa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *