Home / Escolas Particulares / Ensino fundamental
escolas ensino fundamental em são paulo como escolher?

Ensino fundamental

Como escolher a melhor escola de ensino fundamental em São Paulo para o meu filho?

Confira as melhores dicas para escolher dentre as escolas de ensino fundamental em São Paulo e faça uma escolha que realmente se adeque às necessidades de sua família e de seu filho!

Escolher a melhor dentre as milhares de opções de escolas particulares de ensino fundamental em São Paulo pode ser uma tarefa difícil para cada um dos perfis de pais, mães e alunos que participam dessa difícil decisão.

No Brasil, é obrigatório que as crianças frequentem a escola dos 6 aos 14 anos. As crianças com menos de seis anos de idade podem estar matriculadas desde que completem seis anos no primeiro semestre escolar.

Esta obrigatoriedade de pelo menos nove anos de educação é conhecida como Ensino Fundamental e é dividida em dois níveis: Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II.

Um currículo básico para seu funcionamento é definido pelo Ministério da Educação. Se você está em dúvida entre as muitas opções de escolas de ensino fundamental em São Paulo, conheça dicas exclusivas!

Entenda mais sobre as escolas particulares de ensino fundamental em São Paulo

Obviamente cada escola possui sua própria metodologia, sendo ideal efetuar muita pesquisa antes de tomar sua decisão definitiva.

Porém, de maneira geral, durante o Ensino Fundamental I as crianças estudam matemática, português, ciências, artes, história, geografia e educação física.

Já durante o Ensino Fundamental II, de maneira geral, os alunos aprofundam os conhecimentos acima citados e também estudam pelo menos uma outra língua obrigatória. Outras informações podem ser encontradas do Ministério da Educação.

– A prática normal nas escolas brasileiras, públicas e privadas, é misturar todos os níveis acadêmicos na mesma classe.

– Sob o sistema estatal, um exame é dado a todos os alunos no final de cada ano letivo para determinar se a criança irá para o próximo ano, ou se será retida para repetir um ano.

  • Dependendo da filosofia pedagógica das escolas de ensino fundamental em São Paulo, as crianças podem ser obrigadas a retornar e repetir um ano, embora isso não seja uma prática muito comum nos dias de hoje.
  • Se ficar óbvio que uma criança não está conseguindo acompanhar o avanço nos níveis de aprendizagem de seus colegas, a escola falará com os pais sobre as opções que envolvem outros sistemas acadêmicos.

– Há algumas escolas que dividem um ano em níveis de capacidade acadêmica para as aulas, de acordo com o modelo do estado britânico, por exemplo.

– Isso está, no entanto, se tornando menos comum à medida que as escolas adotam modelos pedagógicos mais rigidamente controlados.

Se os pais acharem que as opções de escolaridade disponíveis onde moram são insuficientes para as necessidades de seus filhos, eles podem solicitar ao governo o direito de fornecer sua própria educação em casa.

Este é um processo demorado, envolvendo o Ministério da Justiça e o Ministério da Educação, então vale a pena conhecer os sistemas das escolas particulares de ensino fundamental em São Paulo a partir das dicas dadas nesse artigo.

24 Dicas de ouro para você escolher dentre as melhores escolas particulares de ensino fundamental em São Paulo!

Dentro do sistema escolar fundamental, inúmeras pedagogias podem ser encontradas para escolher a direção educacional de uma criança.

– Estes sistemas baseiam-se em grande medida nos modelos europeus existentes.

– Elas centram-se essencialmente no grau de atenção atribuído às artes e humanidades em comparação com as disciplinas científicas e técnicas.

Enquanto isso, as atitudes em relação às medidas disciplinares e à rigidez dos métodos de ensino também variam. Confira dicas para fazer a escolha ideal para seu filho e sua família!

1-Conheça os prazos

Todas as escolas de ensino fundamental em São Paulo possuem períodos específicos de abertura das matrículas, portanto, esteja ciente de todas as datas e prazos. Marque-as no seu calendário.

– Porém, lembre-se de que não é o fim do mundo se você perder um prazo. Você ainda pode inscrever seu filho ligando ou visitando a diretoria da escola diretamente, mesmo que isso torne as coisas mais difíceis.

2- Faça muita pesquisa

Você terá melhores chances de colocar seu filho em uma escola que não estiver superlotada. Confira a quantidade de vagas disponíveis para a turma de seu pequeno.

– Verifique também se há a necessidade de cumprir um passo adicional para que seu filho seja aceito (como uma entrevista ou uma submissão de portfólio).

Portanto, pesquise! Leia sobre a escola on-line, pergunte a outros pais, e, o mais importante: visite a escola pessoalmente.

3-  Considere mais de uma escolha

O período de processo de inscrição permite que os pais listem mais de uma escola na hora de filtrar suas opções.

– Listar outras escolas tornará as chances de encontrar a opção ideal para seu filho, respeitando seu perfil de aluno em relação à metodologia do local.

– Amplie suas opções. Se a escola mais perto de sua casa – apesar desse ser um importante ponto – não for sua primeira escolha, e as outras escolas para as quais você está se candidatando tendem a ficar superlotadas, não perca tempo e amplie sua pesquisa.

Pense na possibilidade de visitar escolas católicas e também de outras religiões, pois elas são excelentes opções a serem consideradas, e muitas vezes têm seus próprios programas e inscrições.

Ao expandir sua pesquisa, você tem acesso a muitas outras opções de escolas de ensino fundamental em São Paulo

4- Faça uso de programas especiais

Uma das melhores maneiras de colocar seu filho em sua escola de qualidade é fazendo uso de programas especiais. Quem sabe seu filho não se adequa logo de início em um clube ou espaço de teatro que abra seus horizontes?

Visite a escola de sua escolha e descubra se eles têm um programa de bolsas, de talentos ou qualquer outro programa de admissão que você possa usar. E lembre-se, claro, que esses programas têm suas próprias regras e prazos.

5- Esteja ciente das possibilidades de bolsa

Se você já tem um filho estudando na escola de sua escolha, é possível que matricular o mais novo renda a você um bom desconto na matrícula e nas mensalidades.

Em outras palavras, ter um irmão já estudando em uma das escolas de ensino fundamental em São Paulo de sua escolha aumenta suas chances de seu filho ser admitido lá.

Mesmo que esse caso não se aplique a você, ele é algo que você deve saber ao escolher uma escola para se candidatar, descobrindo mais sobre chances de bolsas e atividades extras do local.

 Informações extras a se prestar atenção na hora de analisar as escolas particulares de ensino fundamental 

Em todas as escolas brasileiras, o ano letivo típico vai de fevereiro / março a novembro / dezembro. As férias de verão são de meados de dezembro até o início de fevereiro.

– Ao escolher dentre as escolas de ensino fundamental em São Paulo, preze por conforto e felicidade. Você deve se sentir bem-vindo e confortável imediatamente ao entrar com seu filho no local.

  • Olhe a sua volta. As crianças parecem felizes? Suas necessidades estão sendo atendidas?
  • Preze também por professores instruídos, experientes, úteis e interativos.

– As melhores escolas têm professores que ensinam as crianças e os pais. Eles ajudam você a se tornar um pai melhor com seu conhecimento, ajuda e experiência.

– Procure professores instruídos e treinados que estejam ansiosos para compartilhar suas dicas e ferramentas e ajudar você e sua família.

Procure professores que interajam com os alunos, prestando atenção à forma como eles os tratam e se eles se sentem igualmente confortáveis a seu lado.

6-Limpeza e higiene

Preste muita atenção a esses detalhes: a instalação está limpa? Bem cuidada? Lembre-se de que um bom programa incorpora muitas atividades no local e que ele deve estar sempre higienizado.

Uma instalação impecavelmente limpa evita a propagação de doenças e pragas que podem afetar o estímulo estudantil de seu filho.

– Procure sinais de diversão equilibrada com a limpeza adequada. Um centro de alta qualidade é limpo durante todo o dia e todas as noites por uma equipe profissional.

7- Projetos extracurriculares

Procure por projetos extracurriculares exibidos para alunos de todos os períodos e anos do ensino fundamental.

– Deve haver uma combinação de trabalho acadêmico, artesanato e atividades abertas, como pintura a dedo, desenhos, projetos de ciência, projetos de culinária… sem isso, apenas a parte acadêmica será suprida e não a humanitária.

8- Informação aos pais        

Todo programa de qualidade deve ter informações para os pais disponíveis em cada sala de aula e on-line, através de websites, mídias sociais, lembretes de texto e e-mail.

– Você deve procurar por calendários, menus de almoço e lanche, procedimentos de emergência, currículo, boletins informativos e muito mais.

4 roupas por 89 300x250

9- Oportunidades de envolvimento dos pais   

É importante saber o que acontece dentro de qualquer uma das escolas particulares de ensino fundamental  e uma excelente forma de fazer isso é se envolvendo com as atividades do local.

– Confira se o espaço preza por reuniões frequentes, se realmente informa uma saída não autorizada do filho imediatamente, se permite que você assista a algumas aulas se precisar… esteja atento!

10- Equipamentos, Brinquedos e Manipulativos           

Procure por uma variedade de itens com idade apropriada. Salas de aula de qualidade não só têm mesas, cadeiras e um quadro, mas suprimentos de artes e ofícios que incluem itens do mundo real.

Procure por revistas reais, livros, copos de medição, etc. Faça questão de conferir se esses itens são adequadas à idade e se as partes externas oferecem proteção à sombra e sol e se possuem árvores, grama e um espaço verde.

11- Referências e Comentários      

As escolas de ensino fundamental em São Paulo de qualidade terão muitas avaliações on-line e distribuirá com prazer uma lista de famílias atualmente matriculadas como referências.

– Procure por fóruns educacionais em sua região e faça questão de compartilhar suas experiências com outras mães e pais. Só assim você saberá sobre a reputação do local na prática.

12- Segurança  

Uma escola deve ter professores ou profissionais treinados em Primeiros Socorros, bem como uma enfermaria de qualidade.

– Procure uma política de portas abertas para famílias atualmente inscritas, procedimentos de entrada e saída e requisitos de identificação. Procure programas que praticam, planejam e publicam procedimentos de emergência.

13- Currículo de Qualidade  

Um currículo de qualidade incorpora acadêmicos tradicionais com atividades de desenvolvimento prático.

– Procure um currículo que inclua visitas regulares de campo e eventos fora da escola.

– Procure também por um currículo que permita que os alunos aprendam no seu próprio ritmo.

– Um bom currículo do histórico da escola é aquele que aceita crianças de todas as raças, etnias e religiões e aquele que incentiva os alunos a pensarem por si e explorar suas habilidades recém aprendidas.

14- Fotos e Vídeos      

Procure fotos e vídeos no Facebook, Instagram, etc. Um ótimo local publicará regularmente em suas redes sociais para que você possa sempre ver o que está acontecendo.

15- Barulho       

Sim, foque-se no barulho. Se você não é um professor, você encontrará uma sala de aula de qualidade barulhenta. Você deve ouvir as crianças brincando, rindo e aprendendo no momento em que você entra pela porta.

16- Professores atenciosos 

Professores atenciosos não gritam e exageram em suas demandas. Eles são didáticos, capazes e possuem boa formação em suas áreas.

– Se possível, converse com os professores ou com a direção das escolas de ensino fundamental em São Paulo para saber mais sobre as formas com as quais seus professores trabalham e seu passado institucional.

17- Louvor e Reconhecimento Apropriados      

Ouvir frases positivas, como: “Eu sabia que você poderia fazer isso!” “Estou tão orgulhoso de você.” Ao longo do caminho acadêmico de seu filho é essencial.

– Os alunos em crescimento devem ser devidamente elogiados e reconhecidos por professores amorosos que usam frases positivas para ajuda-los a se sentirem bem consigo mesmas, com suas realizações e a repetir comportamentos apropriados.

18- Leitura         

Uma ótima escola sabe que estimular a leitura a alunos em desenvolvimento e com frequência é essencial. Confira se há uma lista de livros a ser lidas ao longo do ano letivo e se a leitura está programada ao longo da semana.

– Os pais são encorajados a ler em casa também? Ler diariamente é uma das coisas mais importantes que educadores e pais podem fazer juntos para ajudar alunos de diversas idades a aprender.

19- Atividades práticas

Alunos de todas as idades aprendem melhor através de atividades práticas, como jogar algum jogo.

– Ouça o ambiente escolar e perceba se os alunos estão interagindo uns com os outros e com os professores.

  • Escolas de qualidade incorporam muitas atividades práticas ao longo do ano letivo.
  • Você deve ouvir as crianças rindo, rimando, cantando, correndo, pulando, se divertindo, fazendo música e sons … Você deve ouvir os professores incentivando o jogo apropriado e interagindo também.

20- TVs, ipads, iphones, vídeos

O uso dos aparelhos acima citados deve ser restrito a alunos da idade escolar, segundo pesquisas. O tempo de tela deve ser inexistente na pré-escola antes dos quatro anos e, mesmo assim, extremamente limitado.

– Como estamos falando de alunos do ensino fundamental, é até importante fornecer o acesso a aparelhos eletrônicos que possam ampliar o conhecimento durante as aulas, desde que eles sejam usados apenas para esse fim.

Monitorar o alienamento dos alunos é uma tarefa essencial para qualquer uma das escolas de ensino fundamental em São Paulo então fique atento à presença excessiva de televisões em locais de aula.

Comentários de outros pais

Se acontecer de você ver outro pai lá, ouça o que ele tem a dizer sobre a escola. Ele ou ela a recomendaria?

– Peça também ao diretor uma lista de referências e pesquise on-line para obter mais comentários. Nada supera a experiência de outros alunos e pais na hora de escolher dentre as escolas de ensino fundamental em São Paulo.

21- Educação Pública x Privada

O sistema educacional brasileiro é composto por escolas públicas e privadas. Embora o ensino público ainda detenha mais de 80% dos alunos, o número de alunos matriculados em escolas particulares aumentou 14% de 2010 para 2013, de acordo com a pesquisa Censo da Educação Básica, do INEP.

– Existem várias razões que justificam o movimento em direção a instituições privadas.

– Uma delas é que a ascensão das classes mais baixas, que proporcionou a muitas famílias a possibilidade de garantir aos filhos uma educação melhor nas escolas particulares.

– O outro se deve ao fato de que as escolas públicas ainda sofrem com a falta de professores, salas de aula superlotadas, falta de segurança e questões gerais com infraestrutura.

– Por último, mas não menos importante, há a controversa lei que permite que os estudantes em instituições públicas sejam promovidos para a próxima série, mesmo que falhem.

Isso gera mais ceticismo quanto à eficácia do aprendizado da escola pública. Por isso, analise o que deseja para o futuro de seu filho e escolha entre as escolas de ensino fundamental em  SP que mais se adequem a sua decisão.

22- Ouça a si mesmo

O mais importante é ouvir a si mesmo. Você se sente confortável com a escola? Você acha que seu filho vai gostar do programa? Quantas aulas os alunos assistem por dia?

– Se uma escola é menor, ela pode optar por oferecer apenas uma ou duas dessas sessões de aulas diariamente. Um estudante pode também contar com a opção integral.

– Isso também é projetado para reduzir o número de alunos que abandonaram a escola precocemente.

  • Enquanto a escolaridade obrigatória requer a frequência escolar até os 14 anos, alguns alunos abandonam a escola mais cedo para trabalhar e sustentar suas famílias.
  • Para essas crianças, o governo estabeleceu aulas noturnas e também cursos a distância.

23- Feriados e férias

O regulamento para os termos escolares, férias e feriados é executado pelos governos locais.

– Os únicos requisitos estabelecidos pelo Governo Federal são que julho tem que ter um mês de férias, que deve haver uma pausa no final de um ano civil e que os alunos da escola primária obtenham pelo menos 200 dias de escolaridade por ano.

– Cabe então aos municípios organizar a divisão desses 200 dias. Apesar da regulamentação individual, surgiu um padrão comum em relação aos feriados.

– Um termo escolar é executado geralmente de fevereiro a junho e de agosto a dezembro, então informe-se em relação ao calendário de datas inativas das escolas de ensino fundamental em São Paulo de sua escolha.

24- Não se esqueça de analisar o perfil de seu filho

Se você seguiu todos os passos acima para analisar se as escolas de ensino fundamental em São Paulo de sua escolha são boas opções para seu filho, faça o passo final: converse com ele.

– Ouça sua opinião, veja o que ele tem a dizer sobre o local e verifique se seu perfil se adequa ao dos outros alunos e professores. Somente seu pequeno poderá realmente confirmar se a escolha feita é adequada para ele.

É essencial que seu filho esteja feliz e tenha a chance real de se desenvolver academicamente, independentemente de qual das escolas de ensino fundamental em São Paulo você escolher.

Acompanhe-nos no facebook

Leia Também….

Berçários em São Paulo

Check Also

berçários no brooklin qual o melhor berçário?

Berçários no Brooklin

Berçários no Brooklin – Zona Sul / São Paulo Berçários no Brooklin por ordem alfabética …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *