Home / Recém Nascido / Farmacinha para Bebê – Lista de higiene para o recém nascido

Farmacinha para Bebê – Lista de higiene para o recém nascido

Farmacinha para Bebê porque é preciso ter em casa?

A farmacinha para bebê é muito necessária para os cuidados diários com o recém nascido, e também para ocasiões especiais e imprevisíveis. A seguir falaremos mais sobre isso! Vem conferir!

Quando a mulher engravida nem sempre considera itens que são de extrema importância para o seu futuro bebê. Entre esses itens nós temos que citar a farmacinha para bebê.

Ela se combina ao kit de higiene do recém nascido e é fundamental para situações do dia a dia muito comuns, e também para algumas mais extraordinárias, mas não improváveis de se suceder.

Sendo assim, a seguir vamos te orientar para que você conheça tudo que precisa haver na farmacinha para bebê, para que você não precise correr para a drogaria ou supermercado mais próximo na hora do aperto (e acredite, elas acontecem mais do que você imagina). Vem conferir!

A Farmacinha para bebê do primeiro dia até os seus 24 meses – Itens de higiene

A farmacinha para bebê vai variando de acordo com o seu crescimento, mas podemos dividi-la em duas etapas distintas, que são de 0 a 24 meses e a partir dos seus 24 meses.

A seguir listamos o que você vai precisar para o seu pequenininho ou para a sua pequenininha assim que ele ou ela chegar em casa, ao menos em termos de higiene. É importante ressaltar que essa listinha vai ser mantida até o seu segundo aniversário, então são elementos que vão sempre fazer parte da sua lista de compras. Dê uma olhada:

1 – O bom e velho cotonete

farmacinha para bebê - cotonete

Também conhecidos como hastes flexíveis com algodão nas pontas, eles são fundamentais para a limpeza do coto umbilical, que se mantém nos primeiros dias de vida e demora até algumas semanas para cair.

Além disso, eles se fazem necessários inclusive na hora de você fazer a limpeza das orelhinhas do seu pimpolho ou da sua pimpolha, ajudando também na higienização de seus ouvidos. Vale apontar, no entanto, o quanto essas regiões são sensíveis, então é primordial ter bastante cuidado na hora de efetuar qualquer tipo de limpeza nelas!

2 – O indispensável algodão

farmacinha para bebê - algodao

O algodão tem que estar na farmacinha para bebê sempre! Ele se faz necessário para uma série de processos de higienização, e nos primeiros meses de vida é especialmente recomendável fazer uso do algodão ao invés de se utilizar do lencinho umedecido, principalmente na hora de trocar a fralda.

Essa é uma decisão sábia a se tomar, uma vez que o algodão é neutro e normalmente os lencinhos são mais ásperos e até perfumados, podendo irritar a pele dos pequenininhos!

3 – O fundamental “shampoo da cabeça aos pés”

farmacinha para bebê - shampoo

Esses shampoos tornam o processo de banho do bebê bem mais prático, o que é necessário, uma vez que é um momento que envolve muita preocupação por parte dos pais e muita adaptação por parte do pequeno ou da pequena, ao menos nos primeiros meses.

Com esse produto você não precisará de outros para deixar o bebê cheirosíssimo, e o melhor é que a sua embalagem costuma ser bastante prática para se manusear com uma mão só (até porque a outra estará segurando o pimpolho ou a pimpolha).

4 – A primordial garrafa térmica

farmacinha para bebê - garrafa termica

Uma boa farmacinha para bebê deve contar com uma garrafa térmica, que armazene bem a água morna. Essa água morna será necessária para que você efetue trocas de falda em momentos onde fica mais complicado ter água quente às mãos, como na madrugada ou em uma saída, por exemplo.

Assim você poderá limpar o seu pequenininho ou pequenininha de uma forma que ele não se sinta tão desconfortável e nem sofra com as trocas de temperatura, que podem inclusive adoecê-lo!

5 – A necessária luva de higiene bucal para bebês

farmacinha para bebê - luva bucal

Muitos também a conhecem como “dedeira”, e ela é excelente para que você seja capaz de higienizar a gengiva do seu pimpolho ou pimpolha com todo o cuidado e capricho que essa região merece.

A sua utilização deve ocorrer sempre depois que o bebê mamar, e se torna ainda mais fundamental quando os primeiros dentinhos dão o ar da graça. Aliás, nessa fase a “dedeira” não só ajuda na higienização, mas também oferece ao seu pequeno ou pequena um alívio e tanto, porque ajuda a coçar áreas da gengiva que estão bem sensíveis com o surgimento do seu sorriso!

Vale dizer que não é necessário usar pasta de dente na hora de fazer essa limpeza, ao menos não nos primeiros meses. E não, não dá para esperar “ele crescer”, porque se você deixar esse hábito para depois vai ser bem mais difícil introduzir e também vai ser mais provável que na boca do seu príncipe ou princesa surja uma placa ou tártaro!

6 – O renomado soro fisiológico

farmacinha para bebê - soro

Entre os produtos mais utilizados na farmacinha para bebê certamente está o soro fisiológico. Com ele você pode tirar a remela dos olhos, pode fazer inalação quando a tosse vem, pode limpar o narizinho, enfim, são muitas as oportunidades para torná-lo protagonista, então é melhor que você o tenha a mão, porque hora ou outra vai precisar, pode acreditar!

7 – O reconhecido álcool 70%

farmacinha para bebê - alcool 70%

O álcool 70% se faz necessário principalmente para a limpeza do coto umbilical. Normalmente os hospitais oferecem isso aos pais na saída da maternidade, mas ele é facilmente encontrado em drogarias também.

Além disso, ele é muito barato e a tendência é que com um único frasco você resolva o problema e ele deixe de ser de vez um item presente na farmacinha do seu pequenininho ou pequenininha!

8 – O famoso cortador de unhas

farmacinha para bebê - kit hogiene

Esse é um momento que gera pânico tanto nos bebês quanto nos pais, mas não dá para fugir dele porque é para a segurança do seu filho ou filha! Para tornar a atividade mais tranquila e à prova de traumas vale apostar na compra de um cortador especial. Nada de tesourinhas! Elas podem machucar seu pequeno ou pequena, que ainda tem a pele e os músculos muito frágeis!

9 – A amada escova de cabelos macia com na imagem acima

Muitas vezes o bebê nem nasce com cabelo, mas se isso acontecer o melhor que você pode fazer é contar com uma escova de cabelos macia, que vai ajudar a arrumar os mais cabeludinhos e até os mais carequinhas!

10 – O querido hidratante corporal

farmacinha para bebê - hidratante

Comentamos anteriormente, mas nunca é demais repetir: o seu bebê vai nascer com uma pele muito fina, e é necessário hidratá-la para que ela se mantenha nutrida e cuidada.

Não dá, no entanto, para usar o seu hidratante, que não é adequado para o seu tipo de pele, certamente. O melhor que você pode fazer é usar um que seja específico para o seu bebê, que vai contribuir inclusive para que ele se mantenha bem em processos dermatológicos como a descamação e a solta de penugem.

Além disso, se ele for feito exclusivamente para os nenéns a tendência é que ele não tenha fortes odores ou uma textura muito pesada, características que podem ativar alergias complexas nos pequenininhos e pequenininhas!

Farmacinha para bebê quais medicamentos devo ter?

Ninguém gosta de sequer imaginar a ideia do seu bebê ficando doente, mas essas coisas acontecem, infelizmente. Se nem nós estamos imunes a brotoejas, febres, cólicas e resfriados imagine se seres tão pequenos e indefesos estariam?

Para solucionar esses problemas o melhor que você pode fazer é ter em casa alguns produtos e acessórios específicos, que ajudam no combate de uma série de situações desse tipo.

É claro que devemos sempre ressaltar que você não deve jamais medicar o seu filho ou a sua filha por conta própria. Esses itens que vamos citar a seguir são só para que você os tenha em caso de emergência, mas se você desconfiar que seu pequenininho ou pequenininha precisa de um remédio ou tratamento específico o melhor a se fazer é levá-lo ao pediatra de confiança, ou a emergência!

Tendo isso em mente, veja a seguir alguns elementos que podem haver na sua farmacinha para bebê, em termos de cuidados com a sua saúde. Fique de olho e atento:

  • Pasta d’ água – Trata-se de um creme que é bastante conhecido e muito antigo. Para ele não hpa nenhuma contraindicação e costuma ser muito útil quando aparecem na pele do seu pequeno ou pequena algumas brotoejas, ou ainda bolinhas, muitas vezes provenientes do calor, do uso de tecidos específicos ou de picadas de inseto;
  • Soro fisiológico – Ele acaba sendo bem-vindo não só para momentos de higiene, como comentamos previamente, mas é muito necessário no combate a congestão nasal e a tosse, para citar alguns exemplos básicos;
  • Nosefrida – Quando o seu bebê está resfriado e o nariz fica entupido a tendência é que ele fique muito chorão e bastante irritado. Com o Nosefrida você consegue sugar o catarro que está interditando as suas vias nasais, trazendo imediato alívio. O melhor é que esse produto conta com um filtro que não deixa a “meleca” chegar às mãos dos pais, então não é preciso temer;
  • Luftal – Luftal pe um dos produtos mais conhecidos para o combate aos gases, e normalmente os pediatras permitem o uso de algumas gotinhas quando os bebês sofrem com cólicas em excesso. É claro que você não deve usar se baseando em crenças e possibilidades, então consulte antes o seu médico;
  • Alivium – O Alivium é um antitérmico bastante funcional nas horas de desespero, quando o bebê fica febril e não sabemos mais o que fazer. Eles ficam “molinhos” e muitas vezes não sabemos como ajudar. Ele também é recomendado no caso de resfriados e de dores específicas, mas assim como Luftal só pode ser utilizado se seu médico permitir;
  • Aspirador Nasal – Se a ideia de usar o Nosefrida não te anima tanto você pode usar um aspirador nasal no lugar. Eles contam com um cano por onde o catarro vai subir e tem uma espécie de bomba a vácuo, que ajuda na sucção da “meleca”. Obviamente o seu bebê não vai curtir, mas logo se sentirá mais aliviado quando você o fizer.
  • NenêDente – Quando iniciar a dentição do recém nascido, que pode ocorrer por volta dos 4 meses até 6 meses, o uso dessa pomada é essencial para acalmar o bebê, ela anestesia a gengiva e é bastante recomendada pelos pediatras.

Agora fique atento: apesar do uso ser liberado é necessário que ele seja moderado, uma vez que se você exagerar pode causar feridas nas narinas dos pequenininhos, o que não é nada bom;

  • Termômetro digital – Termômetros digitais são os mais funcionais na hora de verificar se o seu filho ou filha está com febre ou não está. Eles são modernos e práticos, e muitas vezes já apitam quando o aparelho informa que a temperatura passou dos 37,5 graus;
  • Dermodez Prevent e Tratamento – Antigamente o hábito dos pais era passar pomada anti-assadura em cada troca de fralda, mas isso mudou. Estudos mostraram que é necessário deixar a pele do bebê respirar, e a forma mais funcional de fazer isso é não pondo uma camada de creme na região.

Ainda assim, assaduras acontecem, principalmente em fases em que os dentes estão crescendo e em que o bebê está iniciando a introdução de novos alimentos na sua rotina. Nessas situações vale a pena apostar no uso do Dermodez Tratamento e também é valido colocar o Prevent, naquela troca de fralda antes do pequenininho ou pequenininha dormir;

A partir dos 2 anos o que muda na farmacinha para bebê? – Itens de higiene e de saúde

Quando o seu bebê alcança o vigésimo quarto mês de vida (também conhecido como o segundo aniversário) é sabido que a sua pele e o seu organismo já está mais forte, aceitando novos produtos na rotina.

Além disso, outras necessidades vão surgindo e é necessário contemplá-las e considerá-las, incrementando a farmacinha do bebê a partir desse momento. Vamos listar a seguir alguns itens que certamente vão te ajudar nessa fase. Dê uma conferida:

1 – A maravilhosa pasta de dente sem flúor

farmacinha para bebê - protetor solar

O uso de pasta de dentes sem flúor é recomendado a partir da chegada do primeiro aniversário do bebê. Ela protege os dentes e normalmente tem um sabor agradável, como Tutti-Frutti, por exemplo, diminuindo e muito o drama na hora da escovação!

Outro ponto favorável ao uso de pastas de dente específicas para bebês é que elas costumam ter um baixo teor de açúcar, algo que é muito importante para evitar que os dentes dos pequenos sejam prejudicados!

2 – O excelente repelente para insetos

farmacinha para bebê - repelente

Vivemos tempos difíceis, em que viroses transmitidas por mosquitos como a Dengue, a Zika e a Chikungunya nos aterrorizam. Se elas são perigosas para os adultos imagine para os bebês?

Além disso, o seu pimpolho ou pimpolha pode ser alérgico a algum inseto específico. Infelizmente isso acontece muito e é fundamental contar com um produto específico para os bebezinhos, como um repelente feito para eles, que não tenha cheiro e que conte com aplicação no modo spray!

3 – Os perfeitos do tipo Band-Aid

farmacinha para bebê - Band Aid

Acidentes acontecem, e às vezes eles têm proporções grandes ou proporções menores. Seja como for, em muitos casos é possível remediar o problema em casa, e nesse caso é fundamental contar com uma caixa de curativos do tipo Band-Aid, para a proteção do ferimento, seja ele de que tamanho for!

4 – O poderoso Sorine

farmacinha para bebê - sorine

Muitos pais consideram necessário fazer lavagem nasal diariamente, porque assim evitam crises variadas relacionadas a problemas de alergia e de respiração, como rinite, sinusite ou bronquite, para citar apenas alguns exemplos.

Produtos como o Sorine podem ajudar, especialmente quando vem em uma embalagem que facilita a aplicação tanto nos nenéns maiores quanto nas crianças. É de grande ajuda e funcionalidade, pode acreditar, e deve sim fazer parte da farmacinha para bebê e também dos meninos e meninas!

5 – Os presentes lencinhos umedecidos

Se nos primeiros meses do bebês eles não são tão bem-vindos assim depois do segundo ano de vida contar com os lencinhos umedecidos passa a ser uma enorme necessidade!

O ideal é apostar nos modelos que não tem cheiro e que tem um toque mais suave, o que vai ajudar a evitar alergias. É o tipo de produto que ajuda não apenas na troca de fraldas, mas também na limpeza das mãozinhas sujas, no cuidado com as boquinhas e o nariz, isso para citar apenas algumas possibilidades…

6 – A perfeita pomada anti-alérgica

farmacinha para bebê - pomada de assadura

Às vezes nossos pequenos vêm para o mundo livres de uma série de alergias, o que é ótimo, mas em alguns casos eles sofrem demais com picadas de inseto, com calor excessivo, com frio demais, com tecidos e até com o uso de alguns cremes específicos.

Nesses casos vale a pena apostar no uso de alguma pomada anti-alérgica, e existem de várias marcas no mercado. O melhor é buscar aquela que seu pediatra indicar! Converse com ele para escolherem a ideal!

7 – A cotidiana escova de dentes

farmacinha para bebê -escova de dente

Já passou a fase da “dedeira” após o segundo aniversário, então será o momento de dar ao seu filho ou filha uma escova de dentes especial. Aposte em uma que tenha mais funcionalidades do que enfeites de personagens, e que seja adaptada para o tamanho da sua boquinha e maxilar, ajudando na escovação dos dentes e também na escovação da gengiva!

Outra dica: uma hora ou outra ele ou ela vai ter que escovar os dentes por conta própria, e aos poucos você pode ir introduzindo esse hábito, para que ele ou ela consiga se virar bem mais para a frente!

8 – O aplaudido anti-séptico

Assim como o curativo do tipo Band-Aid o anti-séptico também precisa estar na farmacinha do bebê e da criança. O ideal é que ele não arda, porque isso vai deseseperar os pequenos ou pequenas, o que não é legal. Também ajuda contar com uma embalagem do tipo spray, que torna a aplicação bem mais simples!

9 – O amado protetor solar

farmacinha para bebê - protetor solar

É fundamental contar com um protetor solar de qualidade, que seja voltado para os bebês e para as crianças menores. O ideal é que ele não saia fácil na água, que não tenha cheiro e que não machuque áreas sensíveis, como os olhos!

Além disso, seu nível de proteção tem que ser dos mais fortes. Não dá para usar um fator de proteção 15 e achar que o seu bebê, pequeno ou pequena vai estar protegido, porque isso não é verdade!

Dicas importantes para guardar a farmacinha do bebê

  • A sua farmacinha para bebê não deve estar próxima das suas crianças. O ideal é que ela fique em um local bem protegido, de preferência com tranca;
  • É fundamental verificar a validade de cada um dos produtos antes de usar. Se ver que está passado tem que esvaziar antes de jogar os fracos e embalagens no lixo;
  • É necessário contar no kit de higiene com pelo menos uma garrafa térmica, como já explicamos previamente;
  • Um pote para colocar o algodão também é necessário;
  • O mesmo vale para o cotonete, reserve um pote para eles;
  • Tenha também uma cuia, para molhar o algodão quando se fizer necessário;
  • Tenha uma bandeja ou uma cesta, assim vai ficar tudo organizado;

A farmacinha para bebê é necessária para que você tenha às mãos produtos e acessórios básicos, que vão facilitar nos cuidados do dia a dia com seu pequeno ou pequena! Siga as nossas dicas e tenha ótimos resultados com seu pimpolho ou pimpolha!

Leia Também…

Lista de Higiene para recem nascido

 

Deixe uma resposta