Home / Gravidez / Gestação 10 semanas
10 semanas de gravidez

Gestação 10 semanas

Sua Gravidez – Gestação 10 semanas – Como seu bebê está crescendo e se desenvolvendo. Excesso de salivação

Na gestação 10 semanas, o bebê está em êxtase dentro do útero! Eles simplesmente não param – só que ainda as mamães não conseguem sentir toda essa movimentação, principalmente por conta do tamanho ainda pequenino do bebê, que é de aproximadamente 5 cm ainda!

Por mais que ele ainda seja tão pequenino, nessa fase ele já não é mais considerado um embrião e a etapa mais delicada e perigosa da gravidez já está chegando ao seu final – nesse momento a cabecinha do bebê se torna mais proporcional ao restante do seu corpo, o que difere bastante das semanas anteriores, que os tamanhos eram totalmente desproporcionais!

O bebê passa a crescer simplesmente a olhos vivos nessa fase – e não pense você que ele já não anda cometendo algumas peraltices, como engolindo líquidos amniótico e esticando suas pernas e mãos para lá e para cá!

Outro aspecto que chama atenção nessa fase é o desenho da coluna do bebê – ela já se revela bem desenhada no exame de ultrassom – dá até mesmo para ver a sua medula espinhal nesse momento que ainda está se formando!

Os rins também estão funcionando substancialmente, e todo liquido que ele engole agora já passa a ser devidamente filtrado – uma espécie de treinamento para a sua vida aqui fora!

As unhas também começam a marcar presença no desenvolvimento, bem como alguns poucos e minúsculos fios de cabelo que também dão o ar da graça!  A genitália também está se finalizando e muito em breve um dos momentos mais esperados pelas futuras mamães poderá acontecer tranquilamente! – a identificação do sexo!

Agora, seu bebê é do tamanho de uma pequena azeitona! – e de pensar que ele já foi do tamanho de um grão de arroz!

Como a mamãe se sente na gestação 10 semanas?

Muito sono! Muito sono mesmo! Já as náuseas, sempre tão incomodas ainda se mantém ativas ainda nessa etapa – porém, pode comemorar, porque seus dias estão realmente contados!

Nesse caso, é interessante que você aproveite o máximo que puder para descansar e ficar tranquila para curtir essa fase mais difícil da gravidez com o máximo de qualidade possível.

Agora sua barriga (finalmente) comece a ficar mais arredondada e sua cintura passa a se mostrar mais larguinha do que antes – agora não tem mais jeito, tudo ficará ainda mais evidente e você poderá começar a pensar em como exibir a tão esperada barriga por ai!

Mas, é nesse momento que também surge um novo desconforto! – Um acumulo maior de saliva na boca!

Excesso de salivação – um novo desconforto para a futura mamãe – gestação 10 semanas!

A sensação mais evidente de boca cheia d’água de forma constante é algo que realmente pode acometer algumas mulheres e isso pode acontecer por conta da maior acidez ou até mesmo pela incidência de muitos vômitos nessa primeira fase da gestação!

Porém esse sintoma não seria passageiro e deverá sumir rapidamente, e da mesma forma que surgiu –  de uma hora para outra mesmo!  Pode ser que você nem tenha tempo de ficar incomodada!

Agora as dores nas costas já podem lhe incomodar um pouco mais! Essa dor é parte integrante dessa fase e é decorrente do estiramento dos ligamentos do  útero, bem como as demais mutações que deverão continuar ocorrendo com o seu corpo!

gestação 10 semanas

A futura mamãe e a gestação 10 semanas!

Agora seu útero está do tamanho de um abacate pequeno e deverá estar preenchendo de maneira absoluta o baixo ventre.

Em alguns casos, ao apalpar a sua barriga pode ser que você sinta o seu útero nessa fase – procure fazer isso na região acima do osso do púbis – mas nem sempre isso é possível, se você não conseguir não ache que há algo de errado ou que você não está no tempo certo. Isso é normal!

Suas roupas ainda deverão servir tranquilamente, mas pode ser que algumas já fiquem um pouco mais justas – afinal, sua cintura poderá ficar mais larga nessa fase e também sua barriga mais arredondada do que antes.

O importante é que você continue priorizando uma alimentação saudável, evite o sedentarismo e também se mantenha sempre muito bem hidratada diariamente!

Tente ao menos beber 8 copos de água diariamente, mas evite um grande consumo no período noturno para não sentir muita vontade de ficar levantando no meio da noite para fazer xixi – e acabar comprometendo seu sono que também é importante na gestação 10 semanas!

Gestação 10 semanas e os cuidados e atenções com relação a eventuais sangramentos!

Agora você está na fase da gestação 10 semanas e certamente está começando a sentir ainda mais todos os processos e mutações do seu corpo – conforme falamos até aqui, certo?

E uma coisa você já tem certeza – você não menstrua desde que descobriu que está grávida!

Por isso, todo e qualquer tipo de sangramento deve ligar um sinal de alerta de imediato!

Existem diversos motivos e circunstancias que podem provocar um sangramento durante a gestação e justamente por esse motivo é importante entender o que pode estar acontecendo!

Nesse caso, o melhor caminho é buscar orientação junto ao seu médico e obter um diagnostico o quanto antes, pois isso garante a saúde de vocês dois!

A baixa hormonal pode estar associada a um sangramento nesse período. Fique atenta!

Uma das causas mais recorrentes para que uma gestante seja acometida por um sangramento é a baixa hormonal.

Na verdade o que ocorre é que por vezes o corpo não consegue fazer a produção da quantidade benéfica de hormônios com o objetivo de manter o endométrio durante o primeiro estágio da gestação.

Isso porque quando o embrião consegue se fixar finalmente ao corpo ele tende a realizar uma maior produção de progesterona por meio do corpo lúteo.

A progesterona é o hormônio que tem como principal responsabilidade manter o endométrio grosso de forma que seja suficiente para conduzir o desenvolvimento da gestação.

Nesse sentido, o endométrio pode passar a se desfazer e é aí que surge o risco de acontecer um inicio de abordo – tudo por conta da deficiência de quantidade do hormônio!

Esse perfil de sangramento é o mais recorrente entre as gestantes que demonstram qualquer manifestação do problema ainda no inicio. Mas, felizmente, trata-se de algo que pode ser contornado em cerca de 80% dos casos.

Para lidar com a situação, deve-se se recorrer ao uso de medicamentos dedicados à reposição hormonal e também considerar que a gestante se mantenha em repouso ao menos nas primeiras semanas!

Exame Pré-natal e a sua grande importância!

Pode parecer surreal, mas ainda é possível encontrar mulheres que não levam em consideração a grande importância do exame pré-natal! Absurdo, de fato, mas é uma verdade!

Há quem acredite que não somente o exame não tem qualquer necessidade, como também não leva em consideração as consulta pré-natal.

Se isso é realmente assustador? Sim, muito! Afinal, é de suma importância ter consciência de como esse acompanhamento durante a gravidez pode agregar um grande diferencial para seu bebê!

Esses exames são cruciais no que diz respeito ao entendimento da saúde da futura mamãe e também do bebê – essa é a melhor maneira de garantir uma gestação realmente tranquila até o final!

Logo na primeira consulta já é feita a solicitação dos exames pré-natal, que já incluem exames de sangue e também de urina.

Eles são indicados inicialmente para que se possa avaliar a quantidade de HCG no sangue, com o intuito de formalizar de fato a gestação.

Com isso você poderá já ter uma estimativa do seu tempo de gravidez – logicamente a futura mamãe também irá somar informações, indicando o período da sua ultima menstruação.

Com esses dados em mãos, o médico conseguirá ter uma base mais consistente de quantas semanas a gestação está acontecendo.

Alguns exames são considerados principais, e boa parte deles é feito por meio da coleta de sangue.

Se por ventura for identificado algum fator de alerta, o médico poderá indicar qual será o procedimento a ser adotado de imediato, de forma que se possa atribuir a normalização da sua condição.

Há alguns exames considerados básicos no pré-natal. Confira alguns deles:

  • Hemograma completo: refere-se a um exame que deve ser feito por todas as gestantes e o mais indicado é que isso seja em todos os meses (ou com a periodicidade indicada por parte do médico). É por meio dele que se pode saber se há um quadro de anemia ou demais infecções.
  • HIV: outro exame primordial e que deve ser feito logo no comecinho da gravidez. Como algumas mulheres demoram a perceber que estão grávidas, a gestação 10 semanas é um período bastante comum para realização dele.
  • Sorologia para rubéola: visa identificar como está a imunidade contra o vírus.
  • Toxoplasmose (teste de reação): é importante identificar, pois a doença pode acarretar sérios problemas ao bebê
  • VDRL: permite checar a presença de doenças venéreas, como no caso da sífilis.
  • Sorologia Hepatite B e C: permite identificar se há presença do vírus no organismo.
  • Glicemia: Deve ser feito tanto na fase inicial como também mais próximo da 26ª semana. Permite identificar uma possível intolerância a glicose e também diabetes gestacional!

E você? O que achou dessas dicas para a gestação 10 semanas? Tenha elas sempre com você e garanta uma gravidez com muito mais conhecimento e tranquilidade!

Acompanhe-nos no facebook

Confira as demais semanas

Sem. 01Sem. 02Sem. 03Sem. 04Sem. 05
Sem. 06Sem. 07Sem. 08Sem. 09Sem. 10
Sem. 11Sem. 12Sem. 13Sem. 14Sem. 15
Sem. 16Sem. 17Sem. 18Sem. 19Sem. 20
Sem. 21Sem. 22Sem. 23Sem. 24Sem. 25
Sem. 26Sem. 27Sem. 28Sem. 29Sem. 30
Sem. 31Sem. 32Sem. 33Sem. 34Sem. 35
Sem. 36Sem. 37Sem. 38Sem. 39Sem. 40
 

Veja Também

38 semanas de gravidez

Gestação 38 Semanas

Sua Gravidez – Gestação 38 semanas A contagem regressiva nunca foi tão intensa na sua …

Deixe uma resposta