Gestação 6 semanas - Gravidez semana a semana - Bebês e Crianças
Home / Gravidez / Gestação 6 semanas
6 semanas de gravidez

Gestação 6 semanas

Sua Gravidez – Gestação 6 semanas – Como seu bebê está crescendo e se desenvolvendo. O risco do aborto espontâneo.

Que o corpo da mulher sofre uma série de mudanças durante a gestação todo mundo sabe. O que alguns podem não imaginar é que na gestação 6 semanas ocorrem também mudanças na vagina! Isso porque o órgão passar a reagir de forma muito mais substancial ao estimulo hormonal.

Tal estimulo pode acarretar algumas mudanças na cor, secreção, inchaços e até mesmo alterar a sua textura!

É nessa fase também que algumas mulheres podem se surpreender por começarem a identificar tremores na barriga – muitas associam esse fator ao bebê estar mexendo ou que algo na gravidez está acontecendo!

Porém, na realidade não se trata exatamente, até porque o bebê somente começa a se mexer a partir da décima quinta semana de gestação. – Na verdade, esses tremores são chamados de reflexos da gravidez – é seu corpo mudando para poder acompanhar toda a jornada que virá pela frente!

Gestação 6 semanas – Meu bebê está cada vez mais se desenvolvendo!

Gestação 6 semanas

Na gestação 6 semanas um dos primeiros aspectos que você poderá identificar junto com seu médico no ultrassom é o saco gestacional – é justamente ele o inicio do que virá a se transformar a bolsa amniótica onde o bebê deverá terminar de se desenvolver.

Em geral o saco gestacional aparece no momento  em que o hormônio Beta HCG alcança um valor de cerca de 3 mUI do sangue – isso ocorre entre a quarta e a quinta semana de gestação.

O bebê já pode ser visualizado dentro dele a partir da sexta semana e antes desse prazo somente a vesícula vitelínica deverá ser vista. Por isso, é interessante que a mulher realize novamente o ultrassom depois de algumas semanas para poder acompanhar de forma mais profunda a evolução do bebê!

Começando a ter Forma

É na sexta semana também que o embrião poderá já estar com seus olhinhos mais evidentes e até mesmo se mostra com uma aparência mais semelhante a de um pequeno ser humano!

Sua cabeça passará a se formar e seus membros, como pés e mãozinhas já começam a se revelar – logicamente que aqui seu aspecto ainda de uma espécie de placa reta, sem que haja dedos arredondados.

É impossível até mesmo identificar pequeninas membranas entre os dedinhos tanto dos pés quanto das mãos!

Em alguns casos pode-se também identificar alguns brotos, que posteriormente se tornarão orelhas da criança. O coração que surgiu ainda na quinta semana pode ser ouvido por meio de um ultrassom com doppler e sua frequência cardíaca pode atingir 160 batimentos por minuto!

Como curiosidade vale destacar que quanto menor for o bebê provavelmente mais acelerado será seu coração – provavelmente esse é o som mais bonito e emocionante que você poderá ouvir em toda sua vida!

É na sexta semana que as genitais também começam a se formar, bem como os órgãos internos do bebê – tudo está em constante mudança, e por mais que órgãos importantes como o baço, rins, fígado, estômago e pulmões ainda sejam um tanto quanto pequeninos eles já de fato existem e sua evolução está à todo vapor!

gestação 6 semanas

O risco do aborto espontâneo – gestação 6 semanas!

Em geral, grande parte dos abortos caracterizados como espontâneos pode acontecer por conta  de um determinado erro de configuração cromossômica.

Na realidade, todo o processo que compõe o desenvolvimento de um bebê, é extremamente complexo e nem sempre tudo sai da forma que é necessário para a nossa natureza! – Infelizmente é assim!

E não pense você que esse tipo de acontecimento é extremamente incomum ou que somente se dá em casos isolados – nada disso! Na verdade ele é mais comum do que se fala por aí.

Possivelmente, se esse assunto fosse tratado mais amplamente e sem grandes rodeios, ou até mesmo preconceitos, muitas mulheres poderiam estar mais preparadas para uma eventual situação que acabasse sofrendo um aborto espontâneo!

Para se ter uma ideia, de 15% a 20% de todas as gestações pode resultar em um aborto espontâneo – e mais de 80% desses casos podem ser desencadeados ainda no primeiro trimestre de gestação.

Por mais que seja uma situação triste e difícil, principalmente para quem estava sonhando em ter o primeiro filho, é importante ter em mente que ele não foge em absoluto da normalidade!

Se por acaso esse tipo de situação ocorrer com você, o primeiro passo a ser dado é procurar um médico para poder tratar de forma mais eficiente todos os aspectos de cunho físico.

Em contrapartida, é interessante que você estabeleça um bom dialogo com seu parceiro ou familiares – até mesmo outras mulheres que tenham passado por isso poderão lhe dar a força e a coragem para seguir em frente!

A gestação 6 semanas é um momento bastante marcante da gestação porque é praticamente a fase que tudo começa a ganhar ainda mais forma!

 

Seu corpo também está mudando e a vagina é uma das que mais tem mudanças substanciais!

Como você já deve saber, seu corpo agora está em um frenético processo de mudanças e a cada dia que passar você poderá perceber determinadas alterações, que podem ser evidentes ou não!

Mas, o que muitos não levam em consideração é que até mesmo a vagina será impactada por essa série de mudanças que estão a caminho na sua vida!

As mudanças na vagina nessa fase podem ser tanto externas como também internas e pode-se perceber uma textura diferente, coloração e até mesmo outros aspectos.

Logicamente no decorrer da vida de uma mulher, mesmo quando ela não está gestante, as mudanças na vagina acontecem gradualmente, bem como o restante do seu corpo!

Esse é um processo natural da nossa vida e faz parte de cada fase proveniente da nossa evolução. Mas, é justamente na época da gestação que todas essas alterações se revelam ainda mais evidentes e substanciais.

O que vai alterar na vagina de uma futura mamãe – gestação 6 semanas?

É importante salientar antes de tudo que o órgão sexual feminino reage a uma serie de estímulos hormonais, principalmente durante o ciclo.

Quando não estamos no período fértil, acabamos ficando mais seca e também com a vulva sem a eminencia de inchaço.

Mas, quando se está no período fértil a coisa muda de figura, e a vagina se revela mais inchada, úmida e também a vulva mais protuberante também!

Já depois do período fértil, ela retorna a ficar mais seca como antes, mas pode permanecer ainda inchada por conta da intensa circulação de sangue.

Se por ventura você perceber que a vagina permanece inchada depois de um atraso da menstruação, há uma boa chance de que possa estar ocorrendo um estimulo de caráter hormonal.

E esse estímulo pode até mesmo ser suficiente para indicar que se está gestante, sabia?

E como você poderá se sentir nessa fase da gestação! De olho na 6ª semana de gravidez!

Nesse momento tudo será dedicado a como está o desenvolvimento do bebê e mais uma série de informações que precisarão ser absorvidas desde já, certo?

Mas, você também precisa saber como poderá se sentir a partir de agora!

Na verdade, tudo é ainda muito sútil, quase que imperceptível até! Justamente por isso pode ser que você ainda nem tenha se dado conta de muitas mudanças com relação ao seu corpo!

Só que uma coisa está acontecendo sem parar agora! – seus hormônios estão mais frenéticos do que nunca e trabalhando a todo vapor!

Pode até que você ainda nem tenha se dado conta de que nesse momento está gerando vida dentro do seu ventre, mas certamente já conseguirá distinguir alguns sintomas clássicos.

A falta de menstruação por si só já poderá ligar aquela sua luz de alerta – sim, há algo diferente acontecendo e você não está errada em desconfiar!

As mulheres possuem o famoso sexto sentido bem aguçado e é justamente ele que pode dar os primeiros alertas necessários para revelar que uma gestação pode sim estar acontecendo!

O mais adequado para eliminar dúvidas, medos e até mesmo ansiedade, é fazer o quanto antes um teste, pois ele poderá informar acerca da existência do HCG no seu organismo.

Na gestação 6 semanas os níveis de HCG podem estar bastante elevados e com um volume suficiente para indicar se o teste dará positivo para uma gravidez.

 

Entendendo mais sobre os sintomas agora – 6 semana de gravidez!

Os sintomas chegam de mansinho nessa fase e certamente um deles vai se mostrar bastante evidente: o sono!

Sim, você vai sentir muito sono mesmo e às vezes será até mais difícil de controlar a vontade de fechar os olhos onde estiver! Dormir sentada? – prepare-se, você fará isso várias vezes daqui para frente!

A impressão de que as horas do dia são eternas é uma sensação bastante recorrente! Ainda mais porque o sono agora será a sua companhia mais marcante na rotina diária.

Sintomas de fome e cansaço também se revelam mais evidentes na gestação 6 semanas e pode ficar tranquila com isso, pois é algo bastante natural desse período.

Dores também podem marcar bastante nessa fase e são umas das queixas mais comuns entre as gestantes.

Sintomas como cólicas, dores nas costas, nas pernas, bem como leves fisgadas e uma sensação de peso na parte inferior do ventre pode aparecer com maior frequência.

Somente pode soar como alerta se por ventura as dores forem muito intensas e somente em um dos lados da parte inferior do ventre. Nessa situação vale a pena consultar seu médico o quanto antes.

Isso porque o médico poderá avaliar se a gravidez está devidamente alojada no local correto – isso quer dizer, que ela deve estar dentro do seu útero e não nas trompas.

Contar ou não contar para familiares e amigos nessa fase?

Isso é algo que acarreta muita dúvida por parte das futuras mamães – será que é hora de contar para as demais pessoas que estou grávida?

Nesse período, por mais que nada seja muito evidente fisicamente, pode ser que algumas pessoas, principalmente as mais próximas, acabem percebendo mudanças sutis.

Há até mesmo que comece a sentir um cheiro diferente! – aí você se pergunta: cheiro? Como assim?

Mas é isso mesmo! Algumas gestantes podem começar a exalar um cheiro diferente do que o habitual e isso pode acontecer devido as diversas mudanças hormonais.

Nesse caso, pessoas mais próximas, como sua mãe, marido e outras poderão enfatizar essa diferença na gestação 6 semanas!

Acompanhe-nos no facebook

Confira as demais semanas

Sem. 01Sem. 02Sem. 03Sem. 04Sem. 05
Sem. 06Sem. 07Sem. 08Sem. 09Sem. 10
Sem. 11Sem. 12Sem. 13Sem. 14Sem. 15
Sem. 16Sem. 17Sem. 18Sem. 19Sem. 20
Sem. 21Sem. 22Sem. 23Sem. 24Sem. 25
Sem. 26Sem. 27Sem. 28Sem. 29Sem. 30
Sem. 31Sem. 32Sem. 33Sem. 34Sem. 35
Sem. 36Sem. 37Sem. 38Sem. 39Sem. 40

 

Check Also

38 semanas de gravidez

Gestação 38 Semanas

Sua Gravidez – Gestação 38 semanas A contagem regressiva nunca foi tão intensa na sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *