Infecção Urinária na Gravidez - Saiba os riscos e como tratar !
Home / Tudo sobre gravidez / Infecção Urinária na Gravidez

Infecção Urinária na Gravidez

Infecção urinária na gravidez

Muitas mulheres sentem incômodos quanto estão esperando seus filhos, e alguns deles podem ser sinais de que está ocorrendo uma infecção urinária na gravidez. É extremamente importante se atentar estes sinais e, acima de tudo, procurar ajuda médica para que eles possam ser tratados de forma correta.

Quando mencionamos o assunto, é muito comum que a maioria das mulheres se lembre dos sintomas, dado que a ocorrência da infecção é mais comum no gênero feminino, e incluem, em sua maioria, a vontade constante de fazer xixi e a sensação de ardor e queimação na hora de urinar.

Por se tratar de uma infecção, é possível que ela ocorra em qualquer uma das partes do trato urinário, começando na produção da urina, passando por todos os canais até que ela possa ser eliminada do corpo. Entenda algumas características da infecção urinária  e a importância de tratá-la corretamente.

Entenda os sinais da infecção urinária na gravidez

Muitas das vezes as infecções urinárias na gravidez são causadas pela existência de bactérias na pele da vagina ou da região anal que de alguma forma encontram seu caminho até a uretra, e um dos tipos desta infecção é a chamada cistite, que se dá exatamente na bexiga.

As mulheres com uma vida sexual ativa experimentam a ocorrência das infecções urinárias com mais frequência, e este dado se dá para uma entre cinco mulheres ao longo da vida, sendo um incômodo que, se não tratado, pode gerar consequências agravantes.

Por conta da falta de apresentação de sintomas, que é muito comum em alguns casos, é que as visitas frequentes aos médicos ao longo do processo de gravidez são de extrema importância, podendo identificar, por meio dos exames de urina, a presença de qualquer infecção para o tratamento.

Como tratar as infecções urinárias na gravidez

infecção urinária na gravidez

O período da gravidez é uma das horas onde as mulheres, ao longo da vida, podem se encontrar muito mais expostas à ocorrência da infecção urinária, por conta do relaxamento da região muscular do ureter causado pela incidência dos hormônios na gravidez, fazendo com que menos urina se encaminhe dos rins para a bexiga.

Quando a infecção urinária na gravidez se dá por meio da ocorrência de sintomas, é possível identificar alguns deles como a famosa sensação de ardor ou queimação ao urinar, uma dor de lado muito característica, bem como a dor na região pélvica ou logo abaixo do ventre.

Entre os sintomas também se encontram a febre, as sensações de mudança de temperatura inexplicáveis pelo ambiente, a frequência muito maior ao urinar ou da vontade de fazer xixi, sem realmente fazê-lo, bem como um cheiro muito forte e até a mudança de cor na urina. Pode também haver sangue ou pus no xixi quando há a infecção urinária na gravidez.

Para as mulheres que se mantém sexualmente ativas ao longo da gravidez, é possível que haja a ocorrência de dores enquanto mantém as relações sexuais. Para saber se os sintomas estão aumentando, o que indica uma proliferação da infecção para a região dos rins, é possível identificar alguns dos sinais a seguir.

Esses sinais incluem tremores no corpo, a vontade de vomitar e a ocorrência de vômitos, um descontrole do sistema intestinal que ocasiona a diarreia, bem como a dor contínua na região dos rins e na cabeça.

Caso apresente os sintomas acima, vá urgente à um pronto socorro ou entre em contato com seu médico.

A importância crucial de manter as visitas ao ginecologista regulares ao longo do período da gravidez se dá devido ao fato de que, se não tratada, principalmente quando não há apresentação de sintomas por parte da grávida, ela pode gerar uma infecção renal, que, quando acontece, pode ocasionar um parto prematuro.

Esteja sempre fazendo os procedimentos de rotina e diga ao seu médico qualquer um dos sintomas que possam estar causando desconforto, por menores ou mais inofensivos que pareçam: seu médico conseguirá identificar e tratar da maneira correta quaisquer enfermidades que possam ocorrer ao longo da gravidez.

O processo de prevenção é essencial

Há alguns fatores biológicos que impedem a prevenção completa da ocorrência de uma infecção urinária na gravidez, mas, os fatores comportamentais podem influenciar de forma muito benéfica na prevenção para que essa enfermidade possa ser evitada ao longo do processo.

Por isso, é importante nunca segurar o xixi: se tiver vontade de urinar, vá ao banheiro. Principalmente após as relações sexuais, é muito importante esvaziar a bexiga.

Faça o processo de limpeza após ir ao banheiro utilizando o papel higiênico passado da frente para trás: este método irá evitar que as bactérias que estão presentes na região anal sejam direcionadas à região da vagina, se espalhando.

Sempre se higienize após manter relações sexuais, não utilize produtos muito fortes que possam afetar a flora vaginal e causar um enfraquecimento do processo de proteção natural do organismo. Beber água abundantemente ao longo de todos os dias é essencial para prevenir não só a infecção urinária na gravidez, mas várias outras doenças.

Saiba mais sobre sua gravidez semana a semana com a Bebês e Crianças 

Leia Também…

Quando devo me preocupar com as contrações?

Contrações de Treinamento

Quanto tempo demora o parto normal?

Parto Cesariana – Coisas que ninguém te contou

Queloide Pós Cesariana

Por que as grávidas tem desejos?

Enjoos na gravidez

Dieta na Gravidez

Chá de Bebê

Brincadeiras para Chá de Bebê

Lembrancinhas para Chá de Bebê, Maternidade e Batizado

 

 

Check Also

endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez Confira a relação entre a endometriose e a gravidez e saiba quais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *