Home / Tudo sobre gravidez / O que é puerpério?

O que é puerpério?

Entenda o que é puerpério?

Você sabe ou já ouviu falar sobre o que é puerpério? – Pois saiba que ele se refere ao período que a mulher precisa para se recuperar do processo da gestação, levando em consideração não somente questões hormonais, mas também corporais.

O puerpério chega a durar uma média de prazo de 6 até 8 semanas – que devem ser contatas após a realização do parto – na verdade, a fase se inicia logo depois da retirada da placenta.

Fora as mudanças de caráter físico, pois o corpo tende a vivenciar um estado de retomada do seu estado anterior à gravidez, há também as mudanças de cunho emocional – isso porque agora a mãe deverá se adaptar a uma nova rotina junto ao seu bebê.

Na realidade o puerpério pode ser dividido em três fases distintas. São elas:

  • Imediato – deve acontecer logo depois da saída da placenta, que em geral ocorre em médias duas horas depois da consumação do parto.
  • Mediato – ocorre das duas horas até aproximadamente 10 dias após a consumação do parto.
  • Tardio – acontece a partir de 10 dias até o prazo final de 8 semanas (ou até que seja retomado o ciclo menstrual da mulher).

Quer saber mais acerca desse assunto? Então continue lendo o conteúdo a seguir e entenda mais sobre o que ele provoca no corpo da mulher e os cuidados necessários!

O que é puerpério – saiba o que eventualmente ocorre no corpo da mulher nessa fase.

Nessa fase é comum que ocorram algumas mudanças no corpo da mulher, tais como:

Alteração das mamas – por conta da descida do leite, elas tendem a ficar bem mais cheias, bem como doloridas e até mesmo quentes. Esse fenômeno pode acontecer entre as 24 horas e 72 horas depois de ocorrer o parto.

Sangramentos – também chamado pelos médicos de lóquio, o fenômeno tende a acontecer por conta da cicatrização do útero, justamente na região onde a placenta estava antes. Não se trata de uma hemorragia ou menstruação e geralmente esse sangramento pode durar cerca de 30 dias.

Transformações no útero – é natural que ao retomar seu tamanho normal o útero acabe tendo algumas contrações nos dias seguintes ao parto. Tais contrações são muito mais leves do que as que a mulher sentiu quando estava entrando no trabalho de parto. É importante também destacar que elas podem ser estimuladas também pela amamentação.

Relação com o espelho – nessa fase algumas mulheres precisam enfrentar algumas condições complicadas, principalmente quando o assunto é vaidade. A queda de cabelo pode ocorrer nesse período, bem como eles também podem assumir uma característica de maior volume durante a gravidez. Já as marcas na pele começaram a sumir nesse mesmo período.

Vida sexual – depois dos 40 longos dias de resguardo já se torna possível cogitar a voltar a ter uma vida sexual ativa novamente, porém, nem sempre o desejo sexual poderá se manifestar nesse momento.

 o que é puerpério

Quais os cuidados que são necessários durante o puerpério?

Nesse período é interessante considerar alguns cuidados extras e bastante especiais – de forma geral, é fundamental considerar a manutenção de uma alimentação qualitativa, bem como manter uma hidratação diária, repouso adequado e evitar pegar peso ou até mesmo fazer grandes esforços.

Vale destacar que tais cuidados também podem variar muito entre uma mulher e outra – isso porque tudo pode depender de como foi o seu parto, a condição que se deu a sua gestação e outros fatores de caráter particular.

Nesse caso, se o parto foi normal e houve um corte próximo à vagina, procure sempre manter a cicatriz o mais limpa possível, recorrendo ao uso de um sabonete durante o banho e mantenha o local sempre bem seco.

Essa região no inicio pode ficar um pouco dolorida, porém os pontos geralmente caem por conta própria.

Se o bebê nasceu com parto cesariana, é importante também manter a cicatriz sempre bem higienizada – porém, os pontos precisam ser retirados no prazo de 8 até 10 dias corridos (tal procedimento deverá ser feito por meio de um atendimento médico.

As cólicas também poderão ser um pouco frequentes nos primeiros dias, isso porque o útero deverá estar ao seu tamanho normal – e essas dores podem ser mais intensas principalmente no momento que estiver amamentando.

No prazo de mais ou menos um mês pode ocorrer também de ocorrer pequenas secreções pela vagina – inicialmente parece um sangramento e depois tende a ir clareando sua tonalidade e diminuir de forma gradativa.

Se por acaso a mulher sentir dor na parte inferior da barriga, bem como um sangramento vaginal com um odor mais intenso e até mesmo um estado febril, é importante procurar o quanto antes realizar uma consulta com seu médico (ou unidade de saúde mais próxima), pois pode ser que um quadro de infecção esteja se manifestando – e nesse caso, é importante realizar logo um tratamento.

Agora que você já sabe o que é puerpério, já pode ficar mais tranquila para lidar com a situação!

 

Leia também….

Depressão pós parto é mais comum do que se possa imaginar

 

 

Veja Também

endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez

Endometriose e gravidez Confira a relação entre a endometriose e a gravidez e saiba quais …

Deixe uma resposta