Home / cuidados especiais / O que é TDAH

O que é TDAH

O que é TDAH?

Você já ouviu falar ou sabe o que é TDAH? A sigla refere-se a Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade e é uma síndrome, ou seja, um conjunto de determinados sintomas.

Em geral, o TDAH tem como característica agitação, distração, hiperatividade, esquecimento, impulsividade, ausência de organização, entre outras.

Vale salientar que tanto crianças, os adultos também podem apresentar tais características em pelo menos algum tipo de situação e isso não deve ser visto como algo fora do normal. A questão é quando tais problemas ocorrem de forma mais intensificada – aí sim, a situação pode exigir um pouco mais de atenção.

O que é TDAH – entenda quais podem ser as causas!

O TDAH pode ser associado a disfunção em áreas do córtex cerebral, que é popularmente chamada de Lobo Pré-Fontral.

Quando há o comprometimento dessa área do cérebro, pode acarretar uma maior dificuldade de concentração, bem como ocasionar uma memória mais limitada, hiperatividade e impulsividade, entre outros aspectos que competem ao TDAH.

Em grande parte dos casos, atividades simples e recorrentes do dia a dia como a leitura ou qualquer outra que precise de um maior grau de concentração, o cérebro tende a elevar seus níveis de ativação – e isso ocorre exatamente para que se dê conta do que é proposto.

Em casos de TDAH o que ocorre é a hipofunção e hipoativação do córtex pré-frontal – e isso quer dizer que acaba ocorrendo que uma maior quantidade de neurônios acabe pulsando de forma mais lenta do que é o tradicional, e isso pode ocorrer principalmente em situações que tendem a exigir muito mais esforço mental, ou seja, maior ativação.

Como ter acesso a um diagnóstico mais assertivo?

o que é TDAH

O diagnóstico acerca dessa condição exige bastante experiência e cuidado – somente por meio de uma avaliação realmente assertiva é possível identificar um tratamento que agregue bons resultados – e ainda leve em consideração eventuais necessidades em longo prazo, sem deixar de lado o que de fato é importante a curto prazo também.

Tais cuidados são de fato imprescindíveis quando se trata de uma possível suspeita de diagnóstico do problema – isso porque existem vários outros problemas e demais transtornos que podem “imitar” seus sintomas.

TDAH possui cura?

Vale destacar antes de qualquer coisa que o TDAH não é uma doença no seu sentido mais literal, e sim uma síndrome, ou seja, um conjunto de vários sintomas.

O fato é que sua ocorrência pode estar associada a inúmeros fatores diferentes, podendo ser uma questão de base neurológica, histórico familiar ou pessoal, estilo de vida, circunstâncias presentes na vida da criança ou do adulto, entre outros aspectos.

Diante disso, não há como definir uma única solução para sanar a questão, ou seja, o conjunto de problemas envolvidos.

Por mais que se efetive uma elevada complexidade acerca desse assunto, existem várias alternativas de tratamento que podem ajudar a minimizar e agregar maior alivio com relação aos sintomas, agregando portanto, uma maior qualidade de vida ao paciente.

Por mais que o TDAH não possua uma cura, ele precisa ser sempre acompanhado e bem gerenciado, para que não acabe atingindo proporções mais graves e severas.

Apostas para o futuro – os videogames são uma esperança!

A tecnologia está sempre inclinada a sanar pontos de comportamento e diagnósticos – como ocorre no caso do TDAH.

Segundo alguns especialistas, existe um forte indício de que a tecnóloga poderá agregar grandes benefícios para amenizar os sintomas que podem acarretar problemas na vida das pessoas que possuam esse distúrbio, principalmente se tratando da dificuldade de manter o foco.

Vale salientar que os games destacados aqui não são os tradicionais que vemos à venda no mercado – esses são criados de forma especial para ajudar a fortalecer os pontos com mais fragilidades dessas crianças que sejam acometidas pelo TDAH.

Agora que você já sabe o que é TDAH, fica atenta ao comportamento do seu filho e ao perceber que um conjunto de fatores aparentemente está fora da normalidade, não exite em recorrer à ajuda profissional, bem como estar sempre acompanhando seu desenvolvimento na escola e seus relacionamentos interpessoais! Estabeleça um bom diálogo e deixe sempre ele à vontade para dividir suas dificuldades e anseios! – essa é a melhor maneira de saber se algo está de fato errado e encontrar meios de ajuda-lo!

Acompanhe-nos no facebook

Leia Também…

Cuidados especiais na Infância

Desenvolvimento infantil

 

 

Veja Também

estomatite em crianças

Estomatite o que é

Estomatite o que é? A estomatite  é uma doença bastante incômoda que causa imensa dor aos …

Deixe uma resposta