Home / cuidados especiais / Síndrome pé, mão e boca o que é
sindrome pé, mão e boca o que é

Síndrome pé, mão e boca o que é

Síndrome pé, mão e boca

Saiba mais a respeito da síndrome pé, mão e boca e os riscos que ela pode causar, principalmente, para as crianças. Às vezes os sintomas que o seu filho apresenta podem estar relacionados com a síndrome pé, mão e boca, uma doença bastante comum na infância e que raramente acomete os adultos.

Para ficar ciente a respeito dessa doença é necessário entender como ela surge e o que você pode fazer em relação a ela, seja tratamento ou prevenção.

Acompanhe o nosso artigo e fique por dentro de mais detalhes da síndrome pé, mão e boca e quais são os principais sintomas que tornam fácil a sua identificação.

O que causa a síndrome pé, mão e boca?

A síndrome pé, mão e boca é uma doença contagiosa. Ela é causada por um vírus chamado de Coxsackie, que normalmente habita o sistema digestivo humano. Ela provoca estomatites que são diversas lesões que acometem a boca e garganta causando incômodo e dor.

A sua transmissão ocorre por via fecal/oral, por causa do contato com objetos que estejam contaminados. Apesar de ser uma doença dolorosa, quando o tratamento é seguido à risca, ela não apresenta nenhum risco à vida das pessoas acometidas por ela.

 Os sintomas da síndrome pé, mão e boca

Para identificar a síndrome pé, mão e boca é necessário que você compreenda os seus principais sintomas. Vale a pena saber que a doença passa por uma fase de incubação que pode durar até sete dias, com sintomas bem parecidos com o de um resfriado comum.

Veja, a seguir, as informações que separamos para facilitar para vocês o diagnóstico.

  • Febre alta, antes do aparecimento das lesões.
  • Lesões que acometem a boca, amígdalas e também a faringe.
  • As manchas são vermelhas e apresentam o centro branco, em casos que a doença não á tratada logo de inícios e tornem úlceras bastante dolorosas.
  • Pequenas bolhas nas plantas dos pés e palmas das mãos.
  • Em determinados casos as bolhas podem aparecer na região genital e nádegas.
  • Mal-estar.
  • Perda do apetite devido à dificuldade de engolir.
  • Desidratação também por causa da dificuldade de engolir.
  • Vômitos e diarreia.

Para a confirmação da doença é necessário verificar se a pessoa apresenta esses sintomas e também realizar exames para o diagnóstico, os dois mais comuns para essa finalidade são a sorologia e o exame de fezes.

Tratamento da síndrome pé, mão e boca

síndrome pé, mão e boca o que é

Após a identificação correta da doença é necessário dar início ao tratamento adequado para lidar com ela. Vale a pena lembrar que não há vacina para a prevenção da doença.

4 roupas por 89 300x250

Por ser uma infecção por vírus, naturalmente ela regride aos poucos com o passar do tempo, por isso o seu tratamento é indicado somente para o alívio dos sintomas incômodos.

Confira as principais recomendações:

  • Antitérmicos para alívio da febre alta.
  • Anti-inflamatórios para a diminuição da dor.
  • Medicamentos antivirais para casos avançados da síndrome pé, mão e boca
  • Repouso total.
  • Ingerir bastante água, para evitar desidratação.
  • Alimentar-se bem apesar da dificuldade em engolir.

É extremamente necessário procurar pela ajuda médica de um especialista, somente um profissional poderá avaliar o tratamento necessário, assim como quais medicamentos e as quantidades necessárias durante o tratamento.

Dicas para lidar com a síndrome pé, mão e boca

Agora que você já está ciente dos principais sintomas e do tratamento da síndrome pé, mão e boca é necessário também que fique por dentro de algumas dicas a respeito da doença para ser mais fácil lidar com ela.

Em alguns casos, pode ser que não apreçam os sintomas clássicos da doença, nesses casos é comum que surjam aftas na boca, erupções na pele ou em alguns a febre e a dor de garganta são os mais relevantes, por isso tenha bastante atenção. Não consuma alimentos ácidos, quentes ou muito temperados, eles são bastante difíceis de engolir, o que pode causar mais dor aos pacientes.

Ingira somente alimentos pastosos, como purês, gelatinas e mingaus, eles são bem mais fáceis de engolir e não agridem a sua garganta. Bebidas geladas e água são bem-vindas durante o tratamento da doença. Lembre-se de ingerir em pequenos goles para manter-se hidratado

As crianças quando acometidas por essa doença devem ficar em casa de repouso absoluto, essa é a melhor forma de enfrentar os sintomas da doença e evitar que ela contagie outras pessoas.

Lave as mãos constantemente ao lidar com uma pessoa que está com a síndrome pé, mão e boca, caso você esteja com a doença também tenha esse cuidado, isso é essencial para que a cura seja mais rápida e outras pessoas não sejam infectadas.

Com as informações desse artigo é muito mais fácil lidar com esta doença, que pode ser bastante agressiva e incomoda principalmente para as crianças que são as suas principais vítimas.

Esperamos que com essas dicas seja mais fácil para você lidar com esta doença e evitar que os seus sintomas prejudiquem o seu dia a dia. Enfim, a síndrome pé, mão e boca é uma doença comum que precisa ser tratada para ter sintomas mais brandos e causar menos dor às pessoas acometidas por ela!

Acompanhe-nos no facebook

Leia Também…

Estomatite o que é

Virose em Crianças

Acne Neonatal

Check Also

timidez na infância

Timidez na infância

Timidez na infância Saiba mais sobre a timidez na infância, aprendendo a lidar com essa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *