Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento infantil, será?
Home / Desenvolvimento Infantil / Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, será?

Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, será?

Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, será?

Crianças de diferentes idades têm acesso a dispositivos eletrônicos, e sabem mexer sozinhas nisso. Mas será que o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento? Veja o que dizem os especialistas a respeito disso.

É cada vez mais comum ver jovens e crianças de variadas idades manuseando dispositivos como celular e tablete. Mas será que o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento?

Para alguns pais, esses aparelhos chegaram como um alívio na rotina, já que é possível entreter os pequenos enquanto se dedica a outras tarefas. Mas alguns estudos apontam que o excesso pode ser maléfico.

Somente o uso moderado, e devidamente controlado pelos pais, é que pode ajudar as crianças a tirar proveito dessa tecnologia. Então, descubra se o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, ou como usar isso de forma positiva para a educação e o desenvolvimento dos pequenos.

Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento apenas quando há excesso!

É importante considerar que o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, mas só quando não há nenhum controle por parte dos pais. A constatação é resultado de um estudo realizado pela Faculdade de Educação (FE) da Unicamp, em Campinas (SP).

 Segundo os especialistas, crianças entre 8 e 12 anos que usam esses dispositivos o dia inteiro, e não interagem fora do mundo virtual, podem apresentar algum atraso em seu desenvolvimento.

  • Mas, por que isso acontece?

Os pesquisadores garantem que as brincadeiras “de verdade”, são aquelas realizadas com os pais ou amigos em vida real, ajudam no desenvolvimento da criatividade e saúde da criança.

O que fazer? Proibir o uso é a melhor solução?

Conforme o estudo apontou, o uso de eletrônico atrasa o desenvolvimento de crianças que ficam o dia inteiro conectadas. Mas esses aparelhos podem ser usados de forma saudável, sim.

O importante é que os pais ou responsáveis saibam ponderar o uso, estipulando horários e tempo médio.

  • Quanto tempo usar os eletrônicos?

É possível que a criança se divirta com apenas 1 hora pode dia, por exemplo. É fundamental também que esse uso não seja durante outras tarefas, como dever de casa ou enquanto faz alguma refeição.

  • E a partir de qual idade?

Também existem estudos a respeito disso. Eles apontam que crianças menores de 2 anos não vão tirar proveito dos equipamentos eletrônicos ainda. Isso porque não possuem capacidade de transferir para o mundo real aquilo que veem na tela dos aparelhos.

A partir dessa idade, no entanto, é possível aproveitar de forma positiva os aparelhos eletrônicos. Existem diversas atividades de brincadeiras que podem estimular o desenvolvimento infantil.

uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, sera?

Saiba o que o seu filho faz nos dispositivos eletrônicos, e acompanhe as atividades!

Em todos os casos, a opinião dos especialistas é unanime: os pais devem acompanhar de perto aquilo que as crianças fazem e consomem através da tecnologia.

O Uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento quando não há um controle com relação ao tempo e a qualidade. Para pais mais atentos, no entanto, isso não é um problema.

  • Assista a programas e jogue junto com seus filhos:

Uma dica para tornar esse momento virtual mais proveitoso, é os pais ou responsáveis brincarem juntos com as crianças. Sente-se ao lado de seu filho para assistir a um programa, ou ainda participe de um joguinho que ele gosta.

  • Locais para uso:

Você também pode delimitar os locais em que seu filho pode brincar com o tablet, computador, celular, etc. Proíba o uso durante as refeições, ou na cama, antes de dormir.

Estipule que esses dispositivos só podem ser usados na sala de estar, sala de TV, ou outras áreas comuns de sua residência.

Jogos educativos podem estimular o aprendizado!

Hoje em dia é possível tirar essa imagem de que o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, se você souber dosar e escolher bem.

Existem muitos jogos e brincadeiras que podem ser realizados de forma virtual, por exemplo, os que ajudam as crianças a se desenvolverem. Esse é o exemplo da empresa PLAYKIDS , a maior plataforma com conteúdos brasileiros, alguns exemplos como: Galinha Pintadinha, O Show da Luna, Pocoyo, Turma da Monica, Patati Patata, Backyardigans, Bob Zoom, Palavra Cantada, Mundo Bita são alguns dos conteúdos que podem ser vistos no aplicativo da PLAYKIDS.

jogos de raciocínio lógico e interativo, podem ser excelentes para os pequenos. Cada vez mais os desenvolvedores desses conteúdos consideram a qualidade primordial. Outro diferencial é que o aplicativo ajuda os pais a monitorar a vida escolar dos pequenos.

Sendo assim, não há a necessidade de proibir definitivamente o uso, mas sim controlar de forma adequada e saudável. E isso pode ser feito de forma leve e descontraída, sem causar tensão entre os pais e os filhos.

É importante conversar abertamente com a criança, e combinar junto com ela um horário para uso. Também deve-se estimular que outras atividades sejam feitas, para que haja um estímulo físico quando não estiver conectada.

Um dos problemas decorrentes do uso excessivo desses aparelhos é a obesidade e insônia, já que as crianças ficam sedentárias e, geralmente, sem horários para dormir.

Prestando a devida atenção nesses fatores, é possível desfazer essa imagem de que o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento, e você poderá usar a tecnologia para o bem.

Então, lembre-se: o uso de eletrônicos atrasa o desenvolvimento apenas quando há excesso e descontrole.  Com parcimônia, esses dispositivos podem ser grandes aliados na educação e diversão de seus filhos.

Acompanhe-nos no facebook

Instagram @bebes_e_criancas

Leia Também…

Desenvolvimento Infantil dos 0 aos 6 anos mês a mês

Crianças que não comem na mesa – Saiba a importância de fazer as refeições em família

 

Check Also

nao mande seu filho engolir o choro

Não mande seu filho engolir o choro

Não mande seu filho engolir o choro Mandar seu filho engolir o choro é uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *